Rede aleluia

Notícias | 11 de agosto de 2019 - 00:05


Com medo de morrer, Acabe busca o perdão Divino

Temendo a profecia de Elias, o rei abandonou os trajes reais e se vestiu de pano de saco para se humilhar a Deus. Entenda a razão

A macrossérie Jezabel, da Record TV, deixará saudade nos telespectadores. Desde o início, a trama trouxe lições e ensinamentos por meio de bons e maus exemplos. Um personagem em especial que revelou um exemplo que não deve ser seguido foi o rei Acabe (André Bankoff), que recebeu o título de pior rei de Israel.

O fracasso de Acabe começou quando ele escolheu para esposa uma mulher idólatra: Jezabel (Lidi Lisboa). A aliança que ele fez com ela tinha o objetivo de beneficiar Israel com estratégias políticas e comerciais. Porém, com a união, vieram também as práticas pagãs da rainha, que propagou em Israel a idolatria e fez firme oposição à adoração ao Verdadeiro Deus. Ela manipulava o marido e ele permitiu que ela continuasse com seus atos maléficos, como a matança de profetas e a construção de um templo de adoração aos falsos deuses
Baal e Asserá.

Nesse período, poucos se mantiveram fiéis ao Senhor. O profeta Elias (Iano Salomão) foi um dos principais opositores à idolatria. Por isso, foi perseguido diversas vezes pela rainha, que desejava sua morte. Ele anunciou por intermédio de Deus que, se a idolatria continuasse, uma terrível seca assolaria Israel – e assim aconteceu. A nação colheu os frutos do pecado e sofreu com a seca por mais de três anos. Somente depois que Elias fez um desafio no Monte Carmelo – quando Deus consumiu o holocausto com o fogo que desceu do céu –, o coração do povo se voltou para Ele e, então, voltou a chover em Israel.

Mesmo depois desse fato, o rei continuou concordando com as maldades de Jezabel. Ele permitiu, por exemplo, que Jezabel tramasse a morte de Nabote (Flávio Galvão) e de seus filhos, com a intenção de se apossar da vinha e da herança da família.
Após a morte de Nabote, Elias transmitiu a Acabe a mensagem do Senhor: “Assim diz o Senhor: porventura não mataste e tomaste a herança? Falar-lhe-ás mais, dizendo: Assim diz o Senhor: No lugar em que os cães lamberam o sangue de Nabote lamberão também o teu próprio sangue.” (1 Reis 21.19).

Então, Acabe se abalou com essa revelação de Deus e, muito abatido, abandonou as vestes reais e se vestiu de pano de saco para se humilhar diante dEle. Além disso, jejuou para alcançar o perdão Divino.

Deus, então, ordenou que Elias transmitisse uma nova mensagem ao rei: “Não viste que Acabe se humilha perante Mim? Por isso, porquanto se humilha perante Mim, não trarei este mal nos seus dias, mas nos dias de seu filho o trarei sobre a sua casa.”
(1 Reis 21.29).

Depois da misericórdia do Senhor, a paz e a prosperidade reinaram por muito tempo em Israel.

Desobediência
Acabe foi alertado pelo profeta Micaías (Guilherme Dellorto) de que morreria na guerra contra a Síria, mas ele preferiu não ouvir a Voz de Deus e acreditar nos profetas de Baal, que afirmavam que ele seria vitorioso.

Disfarçado de soldado, ele foi atingido por uma flecha lançada ao acaso que o feriu mortalmente. Dessa forma se cumpriu a profecia de Elias, que disse que os cães lamberiam o seu sangue.

Você tem sido como Acabe?
Acabe conhecia a Verdade, mas não a praticava. Ele sabia como encontrar socorro nos períodos de agonia. Afinal, quando teve medo da morte, se voltou para Deus e alcançou a misericórdia dEle, mas, quando distante do perigo, se tornava novamente desobediente a Deus.

Você também só se lembra de Deus nos momentos de aflição? Quando tudo está bem, esquece dEle e, assim como Acabe, ignora o perdão que recebeu? Em toda a história de Israel, notamos um povo de altos e baixos na vida com Deus. Pecava e logo se arrependia; derrubava o Altar do Senhor e depois o reerguia. Acabe não teve tempo de mais uma vez se humilhar e buscar o socorro Divino porque seu pecado o encontrou antes por meio de uma flecha lançada ao acaso. Em qual momento com Deus você está? Se estiver precisando do perdão, busque-o e, ao recebê-lo, seja constante em sua fé nEle.


  • Kelly Lopes / Fotos: Edu Moraes 



reportar erro