Rede aleluia
Centenas de familiares de detentos receberam apoio em todo o estado do Pará
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta Redonda
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 1 de outubro de 2020 - 18:22


Centenas de familiares de detentos receberam apoio em todo o estado do Pará

Ação reuniu cerca de 450 voluntários do grupo Universal nos Presídios (UNP). Saiba como foi

Centenas de familiares de detentos receberam apoio em todo o estado do Pará

Recentemente, o grupo Universal nos Presídios (UNP) do estado do Pará, norte do País, se reuniu para levar amparo e conforto aos familiares daqueles que estão com sua liberdade interrompida. A ação aconteceu em frente a 38 unidades prisionais paraenses.

Seguindo todo protocolo de higiene, cerca de 450 voluntários participaram em todo o estado. A ação perdurou por 5 dias, com a duração de 2 horas em cada uma delas. O momento foi muito benéfico e alcançou mais de 1.890 famílias.

Leia também: Educadoras realizaram evangelização com crianças por meio de peça teatral

Na oportunidade, o UNP ofereceu um kit de café da manhã, contendo suco, fruta, entre outros itens para consumo individual. Além do alimento, a ação realizou, sobretudo, um atendimento espiritual e o cadastro para as visitas futuras no lar dessas pessoas.

De acordo com o Pastor Franco Custódio, responsável pelo grupo UNP em todo o estado do Pará, a mensagem transmitida aos presentes foi que tudo é possível para aquele que crê e, acima de tudo, mostrar que a pessoa estiver decidida a se render a Deus, Ele faz a mudança completa na vida de cada um.

O Pastor ressaltou sobre a importância desse grande movimento e de estar mais perto das famílias daqueles que estão privados de liberdade, para saber da necessidade de cada um e, acima de tudo, poder realizar com elas o início de um acompanhamento que as levará a uma nova vida.

Não tem preço

Segundo uma das voluntárias do UNP, Lúcia Helena de Souza, de 53 anos, em todas as vezes que o grupo promoveu uma ação assim, seja um café ou uma palavra, ela viu a necessidade de cada família receber um cuidado. “Essa ação foi maravilhosa. Não demos apenas o alimento físico, mas o principal: que foi o espiritual”, comentou ela.

Lúcia Helena contou ainda que pôde presenciar o quanto todos foram ajudados com o direcionamento espiritual. “Muitas choravam quando falávamos sobre os seus entes queridos que estavam cárcere privado”, disse ela. O momento a renovou. “Tudo isso me fez ver que Deus conta com a pessoa do grupo pra ajudar estas famílias”, finalizou ela.

Se você quer saber mais sobre outras ações que os grupos da Universal realizam no País e em todo o mundo, confira aqui.

Você também pode se tornar um voluntário. Encontre agora mesmo, clicando aqui, o endereço de uma igreja mais próxima e se informe com o pastor.


Centenas de familiares de detentos receberam apoio em todo o estado do Pará
  • Débora Picelli / Fotos: Cedidas pelo grupo UNP Pará 


reportar erro