Rede aleluia
Cenógrafo de Todas as Garotas em Mim fala sobre o desafio de mesclar contemporâneo e bíblico
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
GaranhunsRecife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta RedondaCabo Frio
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCaraguatatubaCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 17 de Maio de 2022 - 10:12


Cenógrafo de Todas as Garotas em Mim fala sobre o desafio de mesclar contemporâneo e bíblico

Helton Minosso compartilha a rotina de criação dos cenários da nova série da Record TV, que estreia em junho

Cenógrafo de Todas as Garotas em Mim fala sobre o desafio de mesclar contemporâneo e bíblico

A série Todas as Garotas em Mim estreia no próximo mês de junho, na Record TV, mas já tem deixado o público curioso sobre como será a combinação entre contemporâneo e bíblico em um mesmo enredo.

O arquiteto e cenógrafo Helton Minosso compartilhou com o site oficial detalhes sobre a rotina de trabalho que dará “cara” aos espaços da trama e trazer ainda mais realidade para a história protagonizada por Mirela (Mharessa Fernanda).

“É um desafio pensar em itens para uma casa moderna e, ao mesmo tempo, na arquitetura e adereços para a história bíblica, que é toda muito artesanal. Em contrapartida, tivemos uma vantagem, porque o bíblico é mais leve. Por se tratar de uma adolescente (Mirela) que imagina histórias, há um pouco mais de liberdade e de licença poética para montar essa composição”, explica.

Para os cenários da história contemporânea que se passa em Florianópolis (SC) e Gramado (RS), Helton buscou referências locais. “Procurei decoradores e arquitetos da região para saber exatamente quais são os materiais usados por lá e a tendência atual. Não adianta fazer uma casa de São Paulo ou do Rio para uma pessoa que mora em Florianópolis”, observa.

Já para o enredo bíblico de Todas as Garotas em Mim, há um novo desafio: “Como venho de uma série de novelas bíblicas, já temos a tecnologia para imitar determinados materiais e fica mais fácil. Mas, precisamos sintetizar tudo em ambientes menores para adaptar a linguagem da série. É algo compacto e aconchegante, aquela coisinha mais de menina, que pega referências das histórias dos filmes que assiste, lê e vê na imaginação. Então, é tudo uma mistura e essa é a sutileza desse produto”, compartilha.

Além de profissionais responsáveis pelos projetos e pesquisa, também há uma equipe cenotécnica, que dá apoio a todas as construções e mudanças de cenário. “Muitas construções são feitas aqui, como móveis, adereços e objetos”, revela Helton.

Da primeira leitura até o momento em que o público vai acompanhar no ar, os cenários percorrem um longo caminho. “A partir do texto que o diretor e a autora pedem, criamos um projeto de arquitetura com decoração pronta, passamos pela aprovação e só então começamos a construir”, comenta Helton.

Você vai poder conferir os cenários de Todas as Garotas em Mim, a partir de junho, na tela da Record TV.


Cenógrafo de Todas as Garotas em Mim fala sobre o desafio de mesclar contemporâneo e bíblico
  • R7 / Fotos: REPRODUÇÃO/RECORD TV 


reportar erro