Rede aleluia

Notícias | 23 de julho de 2017 - 03:00


Bispo Edir Macedo faz reunião especial no Coreto do Méier

Após 40 anos, ele volta ao local onde a história da Universal começou

Sábado, 8 de julho de 2017, Rio de Janeiro, bairro do Méier. Na praça principal, a reverência e o silêncio eram os mesmos de quem frequenta o Templo de Salomão. Mais de 6 mil pessoas concentradas, esperando algo que já entrou para a história da Universal: uma reunião especial com o Bispo Edir Macedo, no Coreto do Méier, 40 anos depois.

Em passos firmes, o Bispo se dirigiu ao local, cumprimentando os presentes, notando pessoas que são “pratas da casa”, isto é, aquelas que estão na Universal desde o início. A alegria por estar ali era notória, tanto no líder da Universal como em cada participante que tinha em seu rosto um largo sorriso.

Ao subir no Coreto, o Bispo agradeceu a Deus pelo privilégio de ser um dos Seus escolhidos e poder levar a luz da Palavra de fé aos que vivem na sombra da morte. Após a oração, ele lembrou que, no passado, o local tinha um cheiro desagradável e era ocupado pelos mais desprezados pela sociedade. Ele contou como tudo começou, lembrando das dificuldades enfrentadas naquele início, ressaltando, porém, que foram exatamente essas dificuldades que colaboraram para que a luz de Deus Se manifestasse na vida dele e, assim, surgisse a Universal. “E não comecei neste lugar movido por uma ambição pessoal, havia mais de oito anos que eu queria servir a Deus, mas ninguém acreditava em mim, ninguém, só a minha mãe, a minha esposa e, obviamente, o próprio Deus. Na minha época, neste lugar se juntavam os mais infelizes da vida e foi para cá que o Espírito de Deus nos trouxe e, porque foi um desejo de ajudar as pessoas, isso se multiplicou. Quando começamos, vínhamos de Fusquinha. Começamos no meio da sujeira, porque assim é o Evangelho do Senhor Jesus: quanto maior o problema, maior é a luz de Deus, mais evidente é o poder de Deus”, destacou.O Bispo fez questão de ressaltar que aqueles que realmente têm o Espírito de Deus são os que se preocupam com os sofridos mais do que com a própria vida. “Se você quiser ser essa pessoa usada por Deus, a partir de agora, não pense em si próprio, mas pense em fazer aquilo que Deus quer que seja feito: estenda a mão aos desesperados. Mais do que nunca a necessidade é multiplicada pela situação em que o Brasil vive. Neste momento cruel, precisamos de gente destemida, que esteja pensando no seu semelhante”, completou.

A reunião durou pouco mais de 50 minutos, mas ficará marcada na vida de todos que participaram, tanto os presentes no local como os que assistiram à transmissão ao vivo, pelo YouTube, Univer e Canal 21.

Para finalizar, o Bispo orou pelos que queriam ser usados por Deus e abençoou a todos.

Privilégio

Elmira Ferraz, de 89 anos, é obreira há 37 e começou a frequentar a Universal no município de Nilópolis, no Rio de Janeiro. Ela contou como se sentiu ao participar desse momento tão especial. “Me sinto feliz. E ainda vivi para ver. Comecei nova e agora já estou idosa. Não me arrependo. Já tenho muitas filhas na fé, evangelizei muito, trabalhei muito. E Deus tem feito tudo o que eu quero. Tenho me jogado no Altar, pois sem o Altar a gente não resolve nada. A nossa vida tem que ser no Altar. Eu sou uma testemunha viva disso.”

Moacir Lopes de Oliveira, de 83 anos, é testemunha de tudo o que o Bispo Edir Macedo falou durante a reunião. Ele começou a acompanhar o trabalho da Igreja desde o tempo das reuniões no Coreto. “Destes 40 anos para a frente, o povo vai ser muito abençoado. Aquela luz do Coreto resplandece sobre ele. É uma alegria estar aqui com vocês. A Universal é a família de Jesus. Mesmo com todas as lutas, eu abracei a fé. Servi Santa Ceia no Maracanã. É uma alegria para a gente ver o fruto da Igreja em vários países. O ‘ide ao mundo e pregai o Evangelho’: é isso que a Universal está fazendo.”

Perseverança

Maria de Fátima é membro da Universal desde 1977. Para ela, a reunião no Coreto foi inesquecível. “A emoção que eu tenho é de lembrar de tudo o que a gente passou nesses 40 anos; uma emoção espiritual, ver a nossa guerra, a nossa tribulação no crescimento da Igreja, as perseguições. Eu vi a prisão do Bispo, o exílio do Bispo, que teve que sair do País. Foram muitos anos, muitas lutas, muitos desertos, muita oração. Só Jesus, só o Espírito Santo nos dá força para tudo isso. São 40 anos anos de muita guerra, mas de muitas vitórias”, finaliza.

Sobre a Universal

A Igreja Universal do Reino de Deus foi fundada pelo Bispo Edir Macedo em 9 de julho de 1977.

Atualmente, a Universal possui 7 milhões de fiéis no Brasil. No restante do mundo, são cerca de 2 milhões de adeptos em mais de 110 países onde a Igreja está instalada formalmente, espalhados por todos os continentes.

São 7.157 templos e catedrais no Brasil, em todas as capitais e na quase totalidade dos municípios dos 26 Estados e do Distrito Federal. No exterior, são mais 2.857 igrejas.

O corpo eclesiástico da Universal é formado por cerca de 240 bispos e 10.000 pastores no Brasil, além de 80 bispos e quase 4.000 pastores no exterior.

Uma pesquisa inédita realizada em 2016 apontou que, anualmente, os programas sociais mantidos pela Universal atendem mais de 3,4 milhões de brasileiros carentes ou marginalizados.


  • Por Cinthia Meibach e Ivonete Soares / Fotos: Divulgação Universal  



reportar erro