Rede aleluia
Atenção ao golpe do empréstimo consignado
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta RedondaCabo Frio
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 9 de Maio de 2021 - 00:05


Atenção ao golpe do empréstimo consignado

Bancos e financeiras depositam dinheiro em contas sem autorização de seus donos e cobram pelo empréstimo. Fique atento 

Atenção ao golpe do empréstimo consignado

Alguns bancos e financeiras têm depositado dinheiro na conta das pessoas sem autorização e, depois, cobram pelo empréstimo, o que é ilegal. O golpe tem atingido milhares de recém-aposentados e pensionistas brasileiros.

No crédito consignado, como as parcelas são descontadas diretamente da folha de pagamento, a renda fica comprometida antes mesmo de o dinheiro chegar à conta da pessoa, deixando-a endividada.

Segundo o Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec), as empresas financeiras que fazem isso atuam ilegalmente, pois, para solicitar um crédito consignado, é necessária a assinatura de um contrato com cláusulas bem claras.

Há um golpe ainda pior. Fraudadores fazem o empréstimo em nome da pessoa sem que ela saiba e o dinheiro nem é depositado em sua conta, mas as parcelas são cobradas.

Conforme apurado pela Fundação de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon) de São Paulo, os bancos e financeiras que fazem isso têm acesso indevido aos dados da pessoa no Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS), que não pode, por lei, ceder esses dados sem o consentimento do titular. A Polícia Federal está apurando o caso para descobrir os responsáveis pelo vazamento.
Para evitar esse golpe ou caso ele aconteça, confira as dicas no boxe ao lado.


Atenção ao golpe do empréstimo consignado
  • Marcelo Rangel / Foto: Getty Images 


reportar erro