Rede aleluia
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta Redonda
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 13 de dezembro de 2018 - 11:31


As maldades de Herodíade

A atriz Vanessa Gerbelli fala como é interpretar a vilã que pediu a cabeça de João Batista na novela Jesus, da Record TV


A atriz Vanessa Gerbelli atua em telenovelas há 18 anos, além de seu trabalho no cinema e teatro. Na Record TV sua primeira participação foi em 2005. Atualmente, ela vive a vilã Herodíade, personagem bíblica adaptada para a novela Jesus.
Ela é uma mulher má e manipuladora, que sempre dá um jeito de controlar as pessoas e as situações para conseguir o que deseja. Ela abandonou o marido, Felipe, com quem teve uma filha chamada Salomé (Valentina Bulc), para viver com o meio-irmão dele, seu ex-cunhado, o governador da Galileia, Antipas (papel vivido por Marcos Winter).
Ao saber da situação, o pregador João Batista (Iano Salomão), conhecido por levar as pessoas ao arrependimento dos pecados, acusou publicamente Herodíade de cometer adultério, fato que a deixa furiosa e a fez desejar se vingar dele a qualquer custo.
Depois da tentativa de seduzir João Batista e de ser rejeitada por ele, Herodíade o acusa injustamente de tentativa de abuso e convence Antipas a ordenar a prisão do pregador, o que para ela ainda era pouco. Enquanto João Batista esteve preso, ela ordenaque os soldados romanos o torturem.
O desejo e o pecado
Antipas é um homem covarde, que gosta de usufruir dos prazeres que o poder proporciona e que, mesmo sendo um homem poderoso por ter assumido o lugar do falecido pai, Herodes, o Grande, é obrigado a curvar-se ao governador de Roma, Pôncio Pilatos, o que provoca raiva e frustração nele. Além desses sentimentos, secretamente nutre um desejo pela própria sobrinha Salomé, de quem é padrasto.
Herodíade usa da ingenuidade de Salomé, além da dominação que exerce sobre ela, e faz que ela peça como prêmio, depois de dançar para Antipas, a cabeça de João Batista em uma bandeja. Depois da execução de João Batista, Salomé passa a enxergar quem sua mãe é de fato.

A personagem
Em entrevista exclusiva à Folha Universal, Vanessa (foto a dir.) fala de Herodíade e de qual foi o principal desafio que enfrentou para interpretá-la: “é difícil interpretar alguém que é tão mau sem cair em estereótipos e caricaturas. Acredito que esse foi meu maior desafio para viver esse papel”, revela.
Vanessa explica que Herodíade age com tamanha maldade porque guarda muito ódio de um passado sofrido. “Ela teve a família assassinada pelo próprio avô, Herodes, que matou seus descendentes e deixou que apenas ela vivesse. Existe um passado de dor e tragédia. É uma vilã clássica que carrega muito rancor, sente-se perseguida, é invejosa, intolerante e raivosa. É uma pessoa infeliz.”
A atriz fala do relacionamento da personagem com a filha, Salomé, de quem sente ciúmes e inveja por sua juventude e beleza. “Ela tem muito ciúme da Salomé, mas também ama a filha do modo que ela consegue amar, que é dominando-a”, disse.
Em vários momentos Herodíade manipula as pessoas ao seu redor para alcançar seus objetivos. Questionada sobre esse poder da personagem, a atriz afirma que é uma característica comum a várias pessoas na vida real. “Manipular é ter a habilidade de conseguir o que se quer usando os sentimentos dos outros. Conheço muitos homens e mulheres que fazem isso. Eles agem como Herodíade. Geralmente são pessoas muito observadoras, que percebem a fragilidade alheia e jogam o tempo inteiro com isso”.
Quanto ao relacionamento de Herodíade com Antipas, a atriz o enxerga como inadequado. “Eles vivem uma relação de dependência, de dominação, é um amor doentio. Acho que é uma relação em que o respeito nao existe.
Em relação ao ódio de Herodíade por João Batista, às cenas em que ela arquiteta planos para ver o sofrimento dele e usa a filha para pedir a cabeça do pregador, a atriz afirma que “João Batista desafiava o poder de Herodíade e questionava a sua integridade como mulher e como rainha. Ele falava dela publicamente para seus seguidores. Ela não tolerava isso e o via como uma ameaça ao seu poder e ao de sua família”.

Vanessa diz que as cenas dos milagres de Jesus são suas preferidas. A atriz conta que sempre se emociona com as histórias. Ela relata que é uma mulher de fé e que busca seguir os ensinamentos de Jesus. “Sou uma seguidora dos ensinamentos de Jesus. Tudo que Ele pregou encontra ressonância no meu espírito”, finaliza.
Herodíade segue com suas maldades mesmo depois da execução de João Batista. Para saber o que vai acontecer, assista à trama de segunda a sexta-feira às 20h45 na tela da Record TV, Jesus.


  • Kelly Lopes / Fotos: Blad Meneghel  


reportar erro