Rede aleluia

Notícias | 8 de abril de 2019 - 19:54


Ação social beneficia famílias carentes de 49 cidades do Brasil

64 mil pessoas foram beneficiadas com serviços de saúde, beleza e doações de alimento

No dia 31/3, cerca de 16 mil voluntários do programa social A Gente da Comunidade (AGC), realizaram ações sociais em comunidades carentes espalhadas por 49 cidades, de todo o Brasil.  No evento Unisocial, 64 mil moradores dessas localidades receberam doações de roupas, sapatos e alimentos. Serviços de assistência jurídica, psicológica, de saúde e de beleza também foram oferecidos a todos.

Os eventos do AGC são realizados sempre no último domingo de cada mês, entre às 11h e 18h, em locais como, praças públicas, escolas, ginásios e nas ruas da própria comunidade.

No Nordeste, o programa a beneficiou 15 mil pessoas. Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), mais de oito milhões de nordestinos vivem em situação de miséria.

São Cristóvão, localizada em Fortaleza (CE) foi uma das comunidades visitadas. Segundo o coordenador do programa social no estado, Franklin Freitas, a chuva de Verão fez com que as necessidades do bairro fossem aumentadas. “ Além de todos os problemas sociais que essa população já enfrenta, eles são obrigados a superar os prejuízos que as enchentes trouxeram para o seu lar, deixando-os quase sem nada”.

Os voluntários levaram até os moradores doações de cestas básicas, colchões e peças de roupa. Também ofereceram serviços gratuitos como corte de cabelo, manicure, design de sobrancelha e massoterapia.

Antônio Raimundo, morador daquela comunidade, foi um dos que sofreu danos com as enchentes. “Essa doação veio em boa hora. Fico muito feliz de saber que ainda existem pessoas que se preocupam com o próximo”, disse Antônio.

O evento também proporcionou para a comunidade um momento de diversão para as crianças, com brincadeiras e lanches.

Saiba mais sobre o programa social

A Gente da Comunidade tem por objetivo a melhoria das condições sociais da população carente. O grupo leva aos bairros carentes, de todo o Brasil, serviços gratuitos prestados por profissionais voluntários, como advogados, médicos, enfermeiros, psicólogos, assistentes sociais, massagistas, cabeleireiros, manicures e maquiadores.

Roupas e cestas básicas também são doadas às vítimas de catástrofes. Em 2018, o programa social beneficiou 905 mil pessoas.


  • Unicom / Fotos: Cedidas pelo programa social de Fortaleza 


reportar erro