Rede aleluia
A Universal está tatuando os fiéis?
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta Redonda
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 19 de fevereiro de 2019 - 15:34


A Universal está tatuando os fiéis?

Mais uma fake news, envolvendo a Universal, circula em aplicativo de mensagens instantâneas. Cuidado

A Universal está tatuando os fiéis?

A Igreja Universal do Reino de Deus alerta para uma mensagem compartilhada pelo aplicativo WhatsApp. A mais nova fake news mostra uma imagem que estaria sendo tatuada na mão de frequentadores da igreja, comparando-a à “marca da besta”.

Trata-se de uma acusação tão absurda, tão maldosamente falsa, que parece até ridículo que pessoas que se dizem cristãs, deem crédito e compartilhem uma fake news como essa, mas não se empenhem em espalhar a verdade que liberta.

A Universal expressa a sua fé e crença no Deus vivo há mais de 40 anos. Com base na Bíblia, ela trabalha pela transformação de vidas, através do verdadeiro encontro com o Senhor Jesus.

Não acredite nas bobagens que escorrem pelo esgoto da Internet. E também vale lembrar que quem compartilha notícias falsas pela Internet, é tão responsável quanto o autor da mentira. Além disso, também pode ser punido pela Justiça.

Veja o que o Bispo Renato Cardoso tem a dizer:


A Universal está tatuando os fiéis?
  • Unicom 


reportar erro