Rede aleluia
A sua fé está no pastor ou em Jesus?
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
GaranhunsRecife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta RedondaCabo Frio
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCaraguatatubaCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
Baln. CamboriúBlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 7 de Janeiro de 2018 - 02:05


A sua fé está no pastor ou em Jesus?

Não dependa de outras pessoas para chegar até Deus

A sua fé está no pastor ou em Jesus?

Esta cena pode lhe ser muito familiar: após o culto, uma fila de pessoas pedindo mais orações ao pastor se forma. Muitas delas pedirão por algo que já foi determinado durante a reunião. Por que isso acontece?

Os motivos podem ser vários, mas o principal, de acordo com o bispo Edir Macedo, é a necessidade que muitos têm de se apoiar na fé de outra pessoa. Acham que a oração que fazem não tem tanta força e que precisam de algo a mais. “Essa atitude de depender de alguém mostra que você não crê em Deus. Na verdade, você crê na fé do pastor e que a crença dele vai beneficiar você. Mas o que é mais fácil: pedir que ele peça a Deus por você, ou ir diretamente ao Senhor?”, questionou o bispo durante mensagem ao vivo no Facebook.

Cristiane Cardoso participou da transmissão e acrescentou outra razão pela qual muitos insistem na atitude. “Às vezes, a pessoa não se sente merecedora de falar com Deus, pensa que o pastor tem mais fé, mais comunhão com Ele, e por isso será ouvido. O diabo é quem sopra essas ideias para lhe afastar de Deus e colocar outras pessoas entre você e Ele”.

Consequências

Quando o cristão fica na dependência dos outros, está sendo religioso e prejudicando a si mesmo, já que a sua vida fica estacionada por ele não investir no desenvolvimento da fé e do relacionamento com Deus. “A pessoa não consegue resolver seus problemas, pois não usa o direito que tem de chegar a Deus. Nenhum problema é resolvido dessa forma, não se pode investir em sentimentos, nem em dependência das pessoas, mas no relacionamento com Deus”, alertou Cristiane.

Como mudar?

Pensamentos e atitudes como esses só são superados por meio da fé na Palavra de Deus. Está escrito:

“E tudo quanto pedirdes em meu nome eu o farei, para que o Pai seja glorificado no Filho.” João 14:13

“Vença o sentimento de não se achar merecedor crendo e afirmando que tem esse direito, em nome de Jesus, como está escrito. Assim, você usa a fé e agrada a Deus”, completa Cristiane.

Sua fé não pode estar apoiada em pessoas, igrejas, nem em nada que não seja a Palavra de Deus e o Senhor Jesus. Para aprender a ter comunhão com Ele, compareça às reuniões de quarta-feira e domingo que acontecem em todos os templos da Universal. Clique aqui para encontrar o mais próximo de você.


A sua fé está no pastor ou em Jesus?
  • Por Rafaella Rizzo / Foto: Thinkstock 


reportar erro