Rede aleluia
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta Redonda
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 11 de agosto de 2018 - 00:05


A língua de satanás

Bispo Francisco Decothé fala sobre as pessoas que matam com as palavras. Você é uma delas? Saiba mais

Durante o Estudo do Apocalipse, o Bispo Francisco Decothé abordou um versículo que deixa bem claro os que ficarão de fora da Nova Jerusalém (leia Apocalipse 22:15). Um dos citados são os homicidas, que significa assassino.
Mas, de acordo com o Bispo, estes não são somente os que matam o corpo, com uma arma, mas os que também destroem com palavras. “Isso acontece quando você inventa algo sobre alguém, fala mal, critica, faz fofoca. Onde tem fofoca, ali tem demônios, porque o diabo foi o primeiro a fazer fofoca, tentando convencer os anjos a lutar contra Deus”, explicou.
Assista no vídeo abaixo um exemplo dado pelo Bispo de como o mal age e é capaz de arruinar a vida de uma pessoa:

 


  • Rafaella Rizzo / Foto: iStock 


reportar erro