Rede aleluia
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta Redonda
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Cristiane Cardoso | 7 de janeiro de 2020 - 08:26


De que lado você está?

Quando suas intenções lhe conduzem para longe dos seus princípios e valores. Leia e medite

Após o evento do dilúvio, só ficou a família de Noé na Terra. A partir daí, eles passaram a se desenvolver e a humanidade começou, novamente, a se multiplicar.

Naquela ocasião, como afirma o primeiro versículo de Gênesis 11, só havia um idioma em toda a Terra. Mas, é importante observar que ele não cita apenas que “todos falavam a mesma língua, mas também a mesma fala”, embora pareça repetitivo, não é.

“E era toda a terra de uma mesma língua e de uma mesma fala” Gênesis 11.1

Isso significa dizer que havia uma perfeita compreensão entre eles sobre tudo o que era dito. O que não acontece nos dias de hoje. Embora muitos falem a nossa língua, nem todos conseguem entender o que falamos. Pois, nem todos têm a mesma fé, os mesmos valores, a mesma disposição de agradar a Deus. Assim, não entendem quando falamos sobre as coisas de Deus.

No entanto, com eles, isso não acontecia. Pois havia unidade de pensamento. Mas, então, por que Deus viu nessa união um problema?

A resposta está no versículo 4: “E disseram: Eia, edifiquemos nós uma cidade e uma torre cujo cume toque nos céus, e façamo-nos um nome, para que não sejamos espalhados sobre a face de toda a terra”. Gênesis 11.4

Por trás da intenção deles, aparentemente inofensiva, Deus viu orgulho e vaidade. Os mesmos sentimentos que viu em Lúcifer. Eles queriam fazer algo grande, a fim de serem reconhecidos, admirados no mundo, e não para engrandecer e agradar a Deus.

Esse é o problema de muitas pessoas: elas querem reconhecimento e fama. E era exatamente isso que aquelas pessoas que construíram a torre de Babel buscavam. Elas queriam deixar o nome na história. E deixaram, como mau exemplo!

Veja como a união pode ser perigosa, porque, muitas vezes, é para o mal, mas vem de uma forma disfarçada, aparentemente, inofensiva.

Portanto, é preciso sempre avaliar as suas intenções e os seus argumentos, porque, muitas vezes, eles são soprados sutilmente pelo diabo e sem perceber você é usada por ele. Me entristece ver que muitas cristãs não têm o perfume de Jesus. Em vez disso, exalam o mau cheiro do diabo. O cristianismo delas é só religião, elas não vivem a Palavra de Deus.

Talvez, você pense que por não estar mentindo, roubando ou adulterando, não está pecando. Mas, o pecado começa de forma muito sutil, ou seja, ele vai envolvendo a pessoa, de tal forma, que quando ela se dá conta, está numa vereda que a levará para muito longe de seus princípios e valores.

A princípio, não havia nada de errado no que aquelas pessoas estavam querendo fazer, mas, por trás desse desejo, havia intenções más. Por isso, Deus veio e confundiu a língua para que eles não se entendessem mais.

“Então desceu o Senhor para ver a cidade e a torre que os filhos dos homens edificavam; E o Senhor disse: Eis que o povo é um, e todos têm uma mesma língua; e isto é o que começam a fazer; e agora, não haverá restrição para tudo o que eles intentarem fazer. Eia, desçamos e confundamos ali a sua língua, para que não entenda um a língua do outro.” Gênesis 11.5-7

Então, avalie as suas ações, pense bem antes de tomar qualquer atitude. Você tem de se perguntar por que está, onde está; por que segue determinada pessoa nas redes sociais; por que faz questão de postar certas fotos: pergunte a si mesma, isso vai agradar a Deus ou a mim mesma?

De que lado você está? Quem está do lado de Deus não dá valor às próprias opiniões, mas, à opinião de Deus. Ela está sempre meditando sobre qual é a vontade de Deus para a vida dela.

Não interessa o que o mundo diz a respeito de qualquer coisa que seja; o que interessa é o que a Bíblia diz. Só há um lado, o de Deus!


  • Cristiane Cardoso 


reportar erro