Chinês que vendeu um rim para comprar produto Apple tem graves problemas de saúde

Ele escolheu servir a um deus que só lhe trouxe problemas


Por Andre Batista / Imagem: Reprodução Youtube

Em abril de 2011, um chinês, identificado apenas pelo sobrenome “Zheng”, então com 17 anos de idade, vendeu um rim com o intuito de, inicialmente, comprar produtos da Apple. Para isso, ele procurou, escondido da família, o mercado negro de órgãos. Desde então, sua saúde piora a cada dia.

Os pseudomédicos que realizaram a operação em Zheng não esterilizaram os equipamentos corretamente, o que resultou em uma infecção. Escondendo o que fizera da família, Zheng só revelou sua condição quando já não havia mais reversão. Desde então tem sobrevivido à base de equipamentos médicos.

Os problemas de saúde de Zheng pioraram tanto que ele passou a necessitar de hemodiálise rotineiramente para sobreviver. Como os custos dos tratamentos de saúde são enormes, a família criou uma dívida maior do que pode suportar.

Quanto ao dinheiro que Zheng recebeu pelo rim serviu para comprar ”um laptop e um novo aparelho da Apple”, segundo a mãe do jovem informou à emissora local TV Shenzhen.

Há vários tipos de idolatria

Embora muitas pessoas não percebam, a idolatria tem várias faces. Não é apenas a religião cega que gera um idólatra, mas também o fanatismo por artistas, a entrega aos vícios e até mesmo o amor aos bens materiais.

Em seu blog pessoal, o Bispo Edir Macedo explica que “a idolatria tem múltiplas formas e todas elas sempre agridem a Deus”.

Isso porque ninguém pode servir a dois senhores, conforme a Bíblia ensina (Mateus 6.24). É sempre necessário escolher se você servirá a Deus ou ao dinheiro, por exemplo. No caso de Zheng, ele escolheu servir a um bem material. Para isso, destruiu seu próprio corpo, que é Templo do Espírito Santo.

Zheng se entregou ao seu ídolo, um produto eletrônico. Após aquilo, sua vida e de sua família foram destruídas. É importante notar que, além disso, o produto perdeu o seu valor com o tempo. Pois, depois da fatalidade, a Apple lançou 15 celulares mais avançados do que o disponível na época.

Não é errado querer conquistar bens materiais, mas é errado se tornar escravo deles. “A vida com abundância é direito dos seguidores do Filho de Deus. Entretanto, essa abundância jamais pode ser senhora dos servos de Deus. O dinheiro é bom servo, mas cruel senhor”, explica o Bispo. “Para estar em plena comunhão com Deus, no caminho da salvação eterna, é preciso abrir mão da serventia a outros deuses”.

Leia a opinião completa do Bispo Edir Macedo sobre o assunto clicando aqui.

ler mais
Notícias relacionadas
Reportar erro

comentários

Comunicar erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Chinês que vendeu um rim para comprar produto Apple tem graves problemas de saúde

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Fake news

Você sabe de alguma notícia falsa que tem circulado na internet sobre a igreja Universal? Relate aqui o caso que iremos trazer toda a verdade no site Mitos e Verdades

Formulário de Denúncia

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Expediente

Editora Executiva:

Cinthia Meibach

Coordenadora de Conteúdo:

Ivonete Soares

Repórteres:

Andre Batista, Daniel Cruz, Débora Picelli, Jeane Vidal, Michele Roza, Rafaella Rizzo, Sabrina Marques, Rafaela Dias



E-mail para Contato: redacao@sp.universal.org.br

Telefone:(11) 2392-3372

Endereço Rua João Boemer, 254 - Brás, São Paulo

Cep: 03018-000

Free WordPress Themes, Free Android Games