Jesus e a mulher samaritana: a Água que mata a sede para sempre

O encontro de Jesus com ela revelou a sede que muitos trazem dentro de si


Por Núbia Onara / Foto: Reprodução R7

Um dos encontros mais inusitados, polêmicos e transformadores que aconteceu na passagem do Messias pela Terra foi quando Ele se encontrou com a mulher samaritana. A cena foi retratada, recentemente, na novela Jesus, exibida de segunda a sexta-feira, a partir das 20h55 (em função do horário eleitoral), pela Record TV.

Você pode rever no vídeo abaixo:

Para você entender o porquê do espanto desta mulher quando Jesus falou com ela e ainda lhe pediu água, é preciso compreender que existia uma rivalidade entre judeus e samaritanos iniciada, mais precisamente, a partir da divisão de Israel em reino do norte e reino do sul, logo após a morte do rei Salomão (para saber mais sobre o desentendimento entre judeus e samaritanos clique aqui).

Na Bíblia Sagrada com as anotações de fé do Bispo Edir Macedo, ele explica que em  decorrência dessas divergências, as cidades de Samaria eram consideradas impuras pela classe religiosa judaica, por isso, além de os judeus não passarem por elas, não se serviam de alimentos dessas regiões. E se não bastasse a rixa entre os dois povos, ainda por cima não era comum um homem falar com uma mulher publicamente.

“Um judeu, mesmo sedento, jamais receberia água das mãos de um samaritano, ainda mais se fosse uma mulher de má reputação! Por esse motivo, ela se surpreendeu com o pedido de Jesus. Ele não enxergou a religião, a etnia, o comportamento ou a reputação dela, e sim sua alma aflita e desprezada, que viu naquela ocasião a chance de transmitir à samaritana o ensinamento da Verdade sem repressões ou acusações”, explica o Bispo Macedo em suas anotações de fé.

A sede que ela trazia na alma

Aquela mulher trazia uma sede dentro de si, que nada era capaz de saciar. E nessa busca desenfreada para matar essa sede, ela se envolveu em inúmeros relacionamentos amorosos, mas em nenhum conseguiu achar o que procurava, nem mesmo no que ela estava vivendo atualmente.

Naquele diálogo, Jesus usou a água para fazê-la entender o que ela realmente precisava. E em um primeiro momento ela pensava que Ele estava falando da água do poço. “Por isso que ao pedir que chamasse o seu marido, o Senhor Jesus estava tocando na consciência dela fazendo-a perceber seu estado de infelicidade e de dor. O Salvador mostrou também que conhecia seu coração e seu passado, mas estava pronto para socorrê-la e oferecer-lhe o Dom de Deus que é a vida eterna”, explica o Bispo.

Alegria passageira

A exemplo da mulher samaritana estão muitos que buscam no mundo e em seus prazeres uma solução para sua infelicidade, mas essa “água” que o mundo oferece não passa de uma alegria passageira, repleta de desilusões e sofrimentos. Já a Água Viva (Jesus) proporciona satisfação plena, eterna e perfeita.

O encontro de Jesus com a mulher samaritana revela também que as oportunidades de levar a Salvação aos perdidos estão nas situações mais comuns do dia a dia. E ao receber da Água da Vida ela reconheceu a necessidade de levar outros a beberem dessa mesma Água, e foi o que ela fez imediatamente, ao deixar o seu cântaro e ir anunciar o Senhor Jesus aos demais samaritanos.

“Isso mostra que uma das características mais marcantes no convertido é o seu amor espontâneo pelas pessoas, isto é, o desejo de fazer pelos outros o mesmo bem que um dia foi feito por ele”, ressalta o Bispo Macedo.

Novela Jesus

Acompanhe a novela Jesus. Essa superprodução retrata em detalhes a belíssima trajetória do Senhor Jesus na missão de salvar a humanidade da morte eterna. Conheça os personagens, clicando aqui, e leia, diariamente, no Universal.org tudo o que acontece em cada capítulo.

ler mais
Notícias relacionadas
Reportar erro

comentários

Comunicar erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Jesus e a mulher samaritana: a Água que mata a sede para sempre

[recaptcha]

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Fake news

Você sabe de alguma notícia falsa que tem circulado na internet sobre a igreja Universal? Relate aqui o caso que iremos trazer toda a verdade no site Mitos e Verdades

Formulário de Denúncia

[recaptcha]

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Expediente

Editora Executiva:

Cinthia Meibach

Coordenadora de Conteúdo:

Ivonete Soares

Repórteres:

Andre Batista, Daniel Cruz, Débora Picelli, Jeane Vidal, Michele Roza, Rafaella Rizzo, Sabrina Marques, Rafaela Dias



E-mail para Contato: redacao@sp.universal.org.br

Telefone:(11) 2392-3372

Endereço Rua João Boemer, 254 - Brás, São Paulo

Cep: 03018-000

Free WordPress Themes, Free Android Games