4 atitudes que revelam um falso cristão


Por Rafaela Dias / Fotos: iStock

É muito comum encontrarmos pessoas que se dizem assíduas seguidoras de Cristo, porém, em sua essência e no dia a dia, não vivem o que as Escrituras Sagradas falam sobre a fé nEle. A caminhada cristã reserva alguns desafios que, muitas vezes, são difíceis de encarar.

Com isso, vemos uma leva de falsos cristãos que, aparentemente, são fervorosos em sua fé, mas que, em seu íntimo, estão longe dEle.

Separamos algumas atitudes que identificam um falso cristão, não para que você saia julgando as pessoas ao seu redor, mas para que se avalie e veja se realmente está na fé e o que precisa fazer para mudar. Confira:

1- Vive falando da vida alheia

Falar do amigo, vizinho ou do colega de trabalho é bastante normal entre as pessoas. O problema é que nem sempre se fala bem. Os comentários, em sua maioria, são feitos para apontar os erros alheios.

Quando paramos para julgar e falar mal de uma pessoa, esquecemos do sacrifício que o Senhor Jesus fez por ela. Independentemente do erro que a pessoa possa ter cometido, o Senhor Jesus já Se entregou por ela e não são os comentários que vão fazê-la sair da situação que vive.

Não fofoque, ore. No livro de Tiago, no capítulo 5, versículo 16, Tiago ensinou exatamente qual deve ser o nosso comportamento com nossos irmãos.

“Confessai vossas culpas uns aos outros, e ORAI uns pelos outros…” Tiago 5;16.

Portanto, não julgue, nem fale mal. Até porque, no final, cada um dará conta de si próprio para Deus (Romanos 14;12).

2- Se compara constantemente com os outros

Esse é um problema sério. Na verdade, é injusto; injusto com você e com as outras pessoas. Cada um recebeu o seu chamado de Deus. Cada ser humano tem sua peculiaridade e não é sábio que se compare com o seu colega de trabalho, irmão, amigo ou quem quer que seja.

O problema da comparação é que você tenta se igualar a uma pessoa totalmente diferente de você. Isso pode acabar gerando um sentimento de disputa. Na Bíblia temos um exemplo de um anjo que quis se comparar e, consequentemente, tentar ser melhor que o próprio Deus. O diabo não se contentou em ser um anjo de luz, ele queria ser como Deus.

Mas a verdade é que cada um tem seu papel. Imagine se Pedro se sentisse menos importante que João, que anunciou a chegada de Jesus? Agindo assim, ele deixaria de olhar para o que Deus havia reservado para ele.

Por isso, é importante que você conheça o seu propósito aqui nesta Terra e siga rumo à realização dele. Quando isso acontece, você deixa de se comparar com os outros, pois sabe que seu amigo, colega ou quem quer que seja tem um propósito diferente do seu. Cada qual com a sua importância e seu valor.

3- Não ama o próximo

Talvez você já tenha ouvido algum cristão repetir a seguinte frase: “Bandido bom é bandido morto”. Consegue perceber a falta de amor presente nesta frase? O verdadeiro cristão sente a dor das pessoas que vivem sem Ele.

“Vivo Eu, diz o Senhor DEUS, que não tenho prazer na morte do ímpio, mas em que o ímpio se converta do seu caminho, e viva.” Ezequiel 33:11

Deus não se alegra em ver uma pessoa morrer sem O conhecer, por que você se alegraria? É fácil amar o próximo quando ele é um familiar seu, um grande amigo, o cônjuge, entre outros. Difícil é decidir amar quem te prejudicou, quem te fez mal.

O segundo mandamento ordena justamente que amemos ao próximo como a nós mesmos (Mateus 22;39). Amar diz respeito a apresentar o Senhor Jesus a quem ainda não O conhece e se alegrar com a sua Salvação.

4- Não tem tempo para ler e praticar a Palavra de Deus

Ler e praticar a Palavra dEle parece meio óbvio para quem deseja segui-lO, mas acredite, muitos não o fazem. Infelizmente, muitos cristãos têm contato com a Bíblia apenas quando estão na igreja. Não se preocupam em ter tempo para meditar nela quando estão sozinhos em casa.

“Aquele que tem os Meus mandamentos e os guarda esse é o que Me ama” João 14:21

Para amar a Deus é necessário guardar Suas Palavras e praticá-las. Não adianta ter apenas conhecimento teórico.

O verdadeiro cristão separa sempre um tempo para meditar nas Escrituras e desenvolver sua comunhão com Ele, pois entende que assim estará mais próximo de Deus e, consequentemente, terá mais forças para praticar os 4 tópicos acima.

ler mais
Notícias relacionadas
Reportar erro

comentários

Comunicar erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

4 atitudes que revelam um falso cristão

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Fake news

Você sabe de alguma notícia falsa que tem circulado na internet sobre a igreja Universal? Relate aqui o caso que iremos trazer toda a verdade no site Mitos e Verdades

Formulário de Denúncia

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Expediente

Editora Executiva:

Cinthia Meibach e Eliana Caetano

Editora de Conteúdo Web:

Ivonete Soares

Repórteres:

Andre Batista, Daniel Cruz, Débora Picelli, Jeane Vidal, Maria do Rosário, Michele Roza, Rafaella Rizzo, Sabrina Marques



E-mail para Contato: redacao@sp.universal.org.br

Telefone: (11) 3321-5244

Endereço Rua dos Missionários, 139, Santo Amaro - São Paulo (SP)

Cep: 04729-000

Free WordPress Themes, Free Android Games