Mateus: o cobrador de impostos

Veja o que a Bíblia diz sobre esse personagem


Por Daniel Cruz / Foto: Blad Meneghel

O Império Romano se expande cada vez mais e já chegou ao povo judeu – uma ocupação iniciada por volta de 63 antes de Cristo (a.C.).

É característico desse exército não destruir a população local conquistada, mas cobrar impostos. Por isso, cada judeu deve cumprir a sua obrigação de pagar os tributos devidos para os romanos.

Caminhando por Cafarnaum, Jesus viu na coletoria de impostos o cobrador Mateus, também chamado Levi. O rapaz era judeu, mas trabalhava para os romanos de maneira indireta.

A sua escolha o fazia repudiado pelo seu povo. Os demais judeus abominavam aqueles que enriqueciam com impostos e estavam associados aos romanos. Por outro lado, entre os romanos, muito provavelmente Mateus sofria preconceito também por ser judeu.

Por meio da novela Jesus, podemos perceber o interesse que Mateus apresentou pelas palavras de João Batista – mesmo ainda sem saber que o Autor da vida o chamaria para compor o grupo dos futuros apóstolos. Na trama, ele é casado com Asisa, uma mulher gananciosa que o incita a roubar os pagadores de tributos, porque nunca está satisfeita com o que tem. Mas, Mateus constantemente se encontra desconfortável com o rumo que tem dado à sua vida. Confira mais no vídeo abaixo:

O chamado para levar a Palavra de Deus a toda criatura

Como podemos observar na Bíblia, a decisão de Mateus em seguir o Senhor Jesus foi imediata. Voltando-se para o cobrador, Jesus simplesmente pediu a ele para que O seguisse. Foi o que Mateus fez.

Então, Mateus O convidou para um banquete em sua própria casa – chamando outras pessoas próximas para conhecê-lO também. Ao saberem daquilo, os escribas e fariseus, como sempre na tentativa de difamar o Senhor Jesus, O criticaram por Ele Se aproximar de um coletor de impostos. Mas Jesus respondeu dizendo: “Não vim chamar justos, e sim pecadores, ao arrependimento.” Lucas 5.32

Assim acontece também nos dias de hoje, o Senhor Jesus não Se importa com o passado das pessoas, tudo o que Ele deseja é que elas se apresentem com sinceridade diante do Altar e assumam uma aliança verdadeira com Ele. Quando uma pessoa reconhece os seus erros e muda de comportamento, o Espírito Santo encontra espaço para atuar em sua vida. A partir disso, a pessoa só tende a crescer espiritualmente.

Infelizmente, o preconceito que havia nos tempos de Mateus ainda existe em nossa sociedade. Os caluniadores inventam notícias falsas – as chamadas fakenews – para atacar a imagem da igreja e, com isso, tentam prejudicar a Obra do Altíssimo de restauração de vidas. Até mesmo o Senhor Jesus foi atacado por esse tipo de discurso.

É possível imaginar, com esse comentário dos fariseus e escribas, que Mateus nem se quer seguisse a lei de Moisés por meio de uma sinagoga – local de culto do judaísmo -, porque ele não era bem aceito entre os religiosos da época. Isso também nos faz acreditar que o Senhor Jesus deve ter Se agradado do coração sincero de Mateus, que desejava o arrependimento dos pecados.

Depois desse acontecimento, nenhum outro momento da história de Mateus é relatado – nem mesmo em seu próprio evangelho. Isso revela a personalidade humilde e discreta que ele tinha. Por descrever em detalhes a jornada de Cristo na Terra, seu livro trás muitas passagens sobre os ensinamentos transmitidos pelo próprio Senhor Jesus.

Novela Jesus

Acompanhe a novela Jesus, que é exibida pela Record TV, de segunda a sexta-feira, às 20h45. Essa superprodução reproduz em detalhes a belíssima trajetória do Senhor Jesus na missão de salvar a humanidade da morte eterna.

ler mais
Notícias relacionadas
Reportar erro

comentários

Comunicar erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Mateus: o cobrador de impostos

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Fake news

Você sabe de alguma notícia falsa que tem circulado na internet sobre a igreja Universal? Relate aqui o caso que iremos trazer toda a verdade no site Mitos e Verdades

Formulário de Denúncia

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Expediente

Editora Executiva:

Cinthia Meibach

Coordenadora de Conteúdo:

Ivonete Soares

Repórteres:

Andre Batista, Daniel Cruz, Débora Picelli, Jeane Vidal, Michele Roza, Rafaella Rizzo, Sabrina Marques, Rafaela Dias



E-mail para Contato: redacao@sp.universal.org.br

Telefone:(11) 2392-3372

Endereço Rua João Boemer, 254 - Brás, São Paulo

Cep: 03018-000

Free WordPress Themes, Free Android Games