Rede aleluia
Separação espiritual
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
GaranhunsRecife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta RedondaCabo Frio
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCaraguatatubaCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Bispo Macedo | 25 de Dezembro de 2021 - 00:01


Separação espiritual

Morreu o companheiro de Deus e o marido de Eva...

Separação espiritual

Prezado Bispo Macedo, bom dia!

As mensagens que o senhor está passando sobre a imagem e semelhança de Deus me fizeram ficar curioso quanto ao momento em que Deus diz a Adão: “Se você comer do fruto da árvore do conhecimento do bem e do mal, vai morrer!”

O conceito humano sobre comer alguma coisa e morrer, geralmente, se relaciona a ingerir algo venenoso.

Eu li um resumo dos dez venenos mais letais para o corpo humano e nele fica bem claro a ação mortal de cada um. Todos têm a mesma função: causar uma separação devastadora no corpo, ou seja, o veneno interrompe toda a comunicação entre o sangue, o oxigênio e as funções dentro do corpo humano – tudo para, e então vem o óbito.

Entretanto, Deus não estava se referindo à morte física, mas sim à separação espiritual entre o homem e Deus, bem como entre ele e o seu próximo. E foi assim mesmo, rápido como um veneno mortal. No exato momento em que Eva comeu, ela se separou de Deus e, logo em seguida, separou também Adão dEle.

Quando Adão responde o motivo pelo qual havia comido do fruto, ao invés de pedir perdão pela desobediência, ele se volta contra Deus e contra Eva, dizendo, em outras palavras: “eu comi por causa da mulher que o Senhor me deu”.

Assim, morreu o companheiro de Deus e o marido de Eva, pois ele não se importou nem mesmo em defendê-la. Talvez até pudesse ter dito algo como: “Senhor, ela comeu porque eu não a vigiei; eu não tomei conta dela como deveria”.

Aí está a morte! A separação entre o homem e Deus, e entre ele e o seu próximo. Agora, só mesmo a outra morte para resolver a primeira: a morte na Cruz.

O nosso Senhor Jesus, através de Seu sacrifício, trouxe de volta a oportunidade de o homem se unir novamente a Deus e amar o seu próximo, pois carregar a nossa cruz, negar a nós mesmos e seguir ao nosso Senhor nos leva ao encontro com Deus e a imagem e semelhança dEle retorna a nós!

Muito forte!

Deus abençoe o senhor e lembranças a Dna Ester!


Separação espiritual
  • Bispo Marcelo Pires  


reportar erro