Rede aleluia

Bispo Macedo | 9 de março de 2011 - 21:00


Onde está a sinceridade?

Em vez de dizermos: “Não sei por que minha vida não muda.”

Poderíamos ser sinceros dizendo: “Eu sou um incrédulo e desobediente e por isso minha vida não muda!”

Em vez de dizermos: “Meu maior defeito é ser perfeccionista, detalhista ou querer fazer tudo. A verdade é que sou chato, egoísta, invejoso, pavio curto, desconfiado e orgulhoso!”

Para que perder tempo dizendo: “Não sei por que engordo. Quase não como.”

É melhor falar a verdade: “Eu como muito o que não devo e odeio me exercitar. Sou preguiçoso, por isso engordo!”

Por que a cegueira de dizer: “Meu esposo (a) me trai, me humilha, me agride, mas ele (a) tem um bom coração.”

O pior cego é o que não quer ver. Assuma: “Casei errado. Ouvi o coração e agora tenho que mudar essa situação.”

E a pior de todas é: “Não sei por que sofro tanto. Sou uma boa pessoa. Não faço mal a ninguém.”

Enquanto a humanidade tentar esconder o que realmente  é, dando desculpas esfarrapadas para não reconhecer  que a arma do diabo está dentro de nós mesmos, nunca, jamais, conheceremos  a VERDADE. E nunca seremos verdadeiramente libertos.

Falamos de defeitos pequenos para não expor a gigantesca HIPOCRISIA que nos condena. Sejamos sinceros. O que é uma ferida a mais exposta no corpo de um leproso?

Bianca Carturani



reportar erro