Rede aleluia
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta Redonda
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Bispo Macedo | 5 de outubro de 2016 - 05:58


Leite racional

Todos os bebês, quando nascem, precisam ser alimentados com o leite de suas mães. Deus, na Sua sabedoria, colocou no leite materno todos os nutrientes necessários para que a criança cresça forte e saudável. Para quem entregou sua vida a Deus, morreu para este mundo e nasceu de novo, também existe um leite completo, com todos os nutrientes necessários para o crescimento e fortalecimento da nova criatura. O apóstolo Pedro fala disso muito claramente:

Desejai afetuosamente, como meninos novamente nascidos, o leite racional, não falsificado, para que por ele vades crescendo; 1 Pedro 2.2 acf

Para o nascido de novo se desenvolver, tem que usar a inteligência na meditação da Palavra de Deus. Se fosse pelo sentimento, Ele mandaria desejar o leite emocional, o leite sentimental, o leite do coração, qualquer coisa assim. O alimento que sustenta para o crescimento espiritual é o leite racional. Esse alimento é a Palavra de Deus passada de maneira racional, inteligente, pura, sem interferência de religiosidade humana.

O leite falsificado é aquele dado pelas religiões, que interpretam e distorcem a Palavra de Deus de acordo com os seus interesses. É a fé misturada com sentimentos, que se guia pelo que vê, precisa “sentir” para crer e se apoia na palavra dos homens.

Quem seria louco de dar açúcar para um recém-nascido? Já pensou? Encher uma mamadeira de refrigerante e oferecer a um bebê que acabou de nascer? Se essa criança sobrevivesse, cresceria cheia de problemas de saúde, com ossos fracos, diabetes, problemas de coração, entre outras doenças. Então, por que alimentar com emoção alguém que acabou de nascer de novo? É assim que vivem muitos cristãos, se alimentando de palavras e músicas carregadas de emoção, cultos que mais parecem shows e experiências que os fazem perder o controle.

O leite racional da Palavra de Deus sustenta aquele que vive pela fé porque é um alimento completo. Contém promessas para todas as áreas da vida — e nelas podemos apoiar nossa fé. Contém a descrição do caráter de Deus e isso nos dá segurança de saber com Quem estamos fazendo aliança. Também contém os exemplos dos Heróis da Fé, que nos fazem entender como devemos ser e como Deus age na vida dos Seus filhos.

A Palavra de Deus fornece alimento para todas as etapas do crescimento do cristão. Mas não é à toa que o que dá o crescimento ao recém-nascido é chamado de leite racional. Somente quando usamos o raciocínio na meditação na Palavra de Deus, sem sentimentalismos, nos conectamos diretamente a Ele e desenvolvemos em nós a fé racional, consciente e sólida, para uma vida espiritual saudável que nos leve à Eternidade.


reportar erro