Rede aleluia
Eu era uma crente possessa…
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta RedondaCabo Frio
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Bispo Macedo | 24 de setembro de 2015 - 00:01


Eu era uma crente possessa…

Eu era uma crente possessa…

5º Dia do Jejum de Daniel

Ouça o que o Espírito diz aos que O buscam:

O comentário a seguir dispensa minha mensagem.
Reflita nele e descubra o que o Espírito do Altíssimo quer que você saiba.
Muito obrigado! Deus o ilumine da mesma forma como fez comigo.

Bom dia, bispo!

Sou “convencida” há 9 anos, e durante esse tempo fui uma crente possessa, mas eu nem sabia disso. Em 9 anos de igreja, estive em 12 denominações diferentes e uma seita, me batizei 4 vezes e estava plenamente convencida de que servia a Deus e tinha o Espírito Santo. Eu já “orava em línguas”, pregava a Palavra de Deus e estava separada para ser consagrada a missionária. Nem sabia que, na verdade, eu estava a passos largos para o inferno. Fui possuída por um espírito, sim, o espírito do engano.

Até que Deus me conduziu à Universal. Estou caminhando há pouco tempo e as batalhas foram muito grandes para me libertar, porque meu “eu” brigava comigo mesma, eu não aceitava a fé e trancava meu coração. O resultado disso foram manifestações violentas no altar e nada de me libertar. Minhas mágoas, ressentimentos, orgulho e medos eram pedras que me impediam de ver a verdade. Acabei por perder tudo. Fui expulsa de casa, ninguém mais me aguentava. Família e amigos viraram as costas para mim. Perdi meu emprego de carteira assinada, minha dignidade e fui morar em um quartinho sujo sem janela, comendo apenas angu e mais nada. Sem minha família e sem ninguém para me ajudar, não conseguia ir à Igreja, pois não tinha nem o dinheiro da passagem.

Mas Deus me deu uma oportunidade. Consegui ir à Igreja esta semana e o pastor estava anunciando o Jejum de Daniel. Deus logo me tocou a fazer. Eu me abstive de tudo e me lancei de todo o coração. Chorei de molhar o chão da igreja e fiz isso durante toda esta semana. No primeiro dia de Jejum disse a Deus, diante do Altar: “Senhor, não me rejeite para sempre, eu sou problemática emocionalmente, e a pedra que me impede de ver e receber o Senhor em minha vida são os meus sentimentos e meu traumatizado coração. Eu confesso que preciso de Sua ajuda, pois sou doente. Um filho não pode viver sem o pai, e eu quero ser Sua filha, me perdoe…”

Quando terminei de falar, algo aconteceu de tão extraordinário que nem sei explicar, meu interior se encheu de alegria e paz, um gozo sem explicação, algo inabalável e uma certeza: agora sim estou salva! Uma sede de salvar vidas e, o principal: no lugar do medo das pessoas, dos traumas, da mágoa, da ira e do ódio do mundo, veio o amor e o desejo de que todos os seres humanos vivenciassem aquilo que eu estava vivendo.

Eu sou a prova viva de que Deus faz o impossível. E hoje sei o que é o VERDADEIRO BATISMO COM O ESPÍRITO SANTO. Inteligente, racional e de paz. Obrigada, bispo, por me ensinar isso.

Ana Claudia – Rio de Janeiro

Leia mais:
– 1º Dia do Jejum de Daniel
– 2º Dia do Jejum de Daniel
– 3º Dia do Jejum de Daniel
– 4º Dia do Jejum de Daniel


reportar erro