Rede aleluia
A maior maldade
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta RedondaCabo Frio
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Bispo Macedo | 30 de Abril de 2021 - 11:06


A maior maldade

Nem mesmo as nações pagãs faziam isso em relação aos seus deuses...

A maior maldade

“Houve alguma nação que trocasse os seus deuses, ainda que não fossem deuses? Todavia o meu povo trocou a sua glória por aquilo que é de nenhum proveito.
Espantai-vos disto, ó céus, e horrorizai-vos! Ficai verdadeiramente desolados, diz o Senhor. Porque o meu povo fez duas maldades: a mim me deixaram, o manancial de águas vivas, e cavaram cisternas, cisternas rotas, que não retêm águas.” Jeremias 2:11-13

Deus chamou o firmamento, como o sol e as estrelas, para testemunhar a maldade que Ele havia sofrido da parte do Seu próprio povo.

Porque abandonar a glória de pertencer e servir ao Todo-Poderoso é algo tão absurdo e irracional, que nada mais pode se comparar a isso.

Normalmente, as pessoas só trocam o que possuem por aquilo que consideram melhor e mais importante. Trocar a glória de Deus pela glória deste mundo, é considera-LO inferior aos prazeres que o mundo oferece, e essa é a mais clara demonstração de desprezo pelo que o Altíssimo é.

Eles não deixaram qualquer coisa para trás, mas a glória de Deus. Nem mesmo as nações pagãs faziam isso em relação aos seus deuses que nada representavam e nada faziam. Ou seja, o povo trocou a Deus por algo ilusório, sem nenhum valor.
Não é o mesmo que temos visto hoje?

O que ocorreu com Israel no passado nos é muito familiar, pois temos presenciado, nos últimos tempos, membros, obreiros, pastores e bispos caindo nos laços do diabo e cometendo erros que nem mesmo muitos incrédulos são capazes de fazer.

Como pode alguém trocar o verdadeiro pelo falso, conscientemente? Quando a pessoa não é espiritual, mas simplesmente religiosa, ela troca Deus, o Manancial de Águas Vivas por cisternas rotas que não retém as águas. Deixam o Senhor por aquilo que não poderá socorrê-la nem salvá-la.

Que loucura! A pessoa deixar de beber uma água limpa e potável, para beber uma água podre e lamacenta, que irá matá-la! Até os Céus ficam espantados com tamanha insensatez.

Que Deus na Sua infinita misericórdia nos livre de todo laço, e nos conserve sempre firmes na fé até o fim.


A maior maldade
  • Bispo Domingos Siqueira  


reportar erro