Rede aleluia
A Fé e a Confiança
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta Redonda
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Bispo Macedo | 24 de janeiro de 2020 - 00:01


A Fé e a Confiança

Duas palavras com sentidos semelhantes, mas com enorme diferença...

A Fé e a Confiança

Duas palavras com sentidos semelhantes, mas com enorme diferença. Uma coisa é ter fé para casar, por exemplo. Difícil é seguir com ela para manter o casamento. É aí que entra a confiança. A confiança é a continuidade da fé. Quanto maior é o cultivo da fé, maior será a confiança.

Fui moço, e agora sou velho; mas nunca vi desamparado o justo, nem a sua semente a mendigar o pão. Salmo 37.25

O rei Davi tinha bastante experiência, tanto na fé como na confiança em Deus. Enquanto jovem colecionou experiências maravilhosas da ação da fé. Por conta disso, aprendeu a confiar no Autor da sua fé. Apesar da gravidade de seus erros, manteve a sua confiança intacta. O cuidado de sua fé o manteve humilde para reconhecer o seu pecado e ser perdoado. Foi suficiente para manter o seu nome escrito no Livro da Vida.

A fé depende da confiança para manter as conquistas que ela proporciona. Muitas conquistas da fé têm se perdido justamente por causa da perda da fé. Claro! Quem tem sucesso pela fé, se perder a fé, perde também o sucesso.

Muitas enfermidades, curadas por meio da fé, têm voltado por causa da ausência da fé ou enfermidade da fé. Isso acontece porque as pessoas desconhecem o fato de que, se pela fé se conquista, pela dúvida se perde o conquistado. O insensato relaxa na fé que o levou à conquista. Diante disso, a dúvida se aproxima e logo neutraliza o poder da fé, conduzindo-o ao fracasso.

Assim como a fé é poder, a dúvida também é poder. Enquanto o poder da fé estiver ativo, o poder da dúvida perde a força. Mas se o poder da fé relaxar, é óbvio que o poder da dúvida vai prevalecer.

A fé aumenta a imunidade espiritual, porém, se essa imunidade cai com a ausência da fé, o poder da dúvida prevalece e a imunidade espiritual afunda as conquistas da fé.

Porque não me envergonho do Evangelho de Cristo, pois é o poder de Deus para Salvação de todo aquele que crê… Porque nele (no Evangelho) se descobre a justiça de Deus de fé em fé, como está escrito: Mas o justo viverá pela fé. Romanos 1.16,17

Por isso se faz obrigatório o cuidado e a manutenção da fé, pela qual a pessoa se torna merecedora (justa) diante de Deus. Esse é um fato importantíssimo, que não se pode desprezar. A fé tem de ser cuidada e mantida para que as suas conquistas permaneçam.

Conquistar não é difícil, difícil é manter as conquistas. Isso só é possível mediante o poder da confiança.


A Fé e a Confiança
  • Bispo Edir Macedo  


reportar erro