Rede aleluia
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta Redonda
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Bispo Macedo | 30 de setembro de 2013 - 05:52


8º Dia do Jejum de Daniel



Enchei-vos do Espírito

A expressão: enchei-vos do Espírito (Efésios 5.18) trata-se do enchimento dos pensamentos de Deus, a Sua Palavra.

Por outro lado, os selados com o Espírito Santo podem “apagar o Espírito”, isto é, podem encher-se do lixo deste mundo, mesmo sabendo que estão se esvaziando do Espírito.

Como isso é possível?
Amizades contrárias à fé têm gerado pensamentos como: quem sabe se eu curtir “meus amigos” lá fora não vou ganhá-los para Jesus?

Quem sabe se eu me envolver com um incrédulo não vou convertê-lo?

Quem sabe se depois de casada não vou convencê-lo a vir comigo à igreja?

A Palavra do Espírito é clara, forte e inconfundível:

Não vos ponhais em jugo desigual com os incrédulos; porquanto que sociedade pode haver entre a justiça e a iniquidade? Ou que comunhão, da luz com as trevas? Que harmonia, entre Cristo e o Maligno? Ou que união, do convertido com o incrédulo? 2 Coríntios 6.14-15

Há uma lista enorme de argumentos satânicos que carregam o veneno fatal. Exemplos disso não faltam.

Muitos batizados com o Espírito Santo O têm apagado não por terem caído em tentação, mas porque têm resistido aos pensamentos Divinos e insistido nos pensamentos satânicos.

Cair em tentação não significa necessariamente perder o Espírito Santo. Manter-se no pecado resistindo à Voz dEle sim, isso pode ser fatal.

Quem, em sã consciência, mesmo batizado com o Espírito Santo, nunca teve deslizes na vida? Ninguém, salvo o Senhor Jesus.

Mas quando isso ocorre,

Filhinhos meus, estas coisas vos escrevo para que não pequeis. Se, todavia, alguém pecar, temos Advogado junto ao Pai, Jesus Cristo, o Justo; I João 2.1.

Nesse caso, confesse o pecado e abandone-o imediatamente.

Todos somos passíveis de erros, mesmo selados com o Espírito Santo. Afinal de contas, somos casas de barro.

Porém, todos os selados têm a direção do Espírito alertando quanto à permanência no pecado. Caso não haja o arrependimento imediato, isso significa seguir “apagando o Espírito”.

Os não batizados com o Espírito Santo não têm o discernimento espiritual. Por conta disso, são mais vulneráveis aos ataques do mal.

Daí a razão de se investir forte no recebimento do Espírito Santo para manter-se são e salvo.


Leia também:
– 7º Dia do Jejum de Daniel
– 6º Dia do Jejum de Daniel
– 5º Dia do Jejum de Daniel
– 4º Dia do Jejum de Daniel
– 3º Dia do Jejum de Daniel
– 2º Dia do Jejum de Daniel
– 1º Dia do Jejum de Daniel


reportar erro