Rede aleluia
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta Redonda
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 24 de julho de 2019 - 05:39


Tudo completo

Leia a mensagem de hoje do livro “O Pão Nosso para 365 dias”

“Estou plenamente certo de que Aquele que começou boa obra em vós há de completá-la até ao Dia de Cristo Jesus.” (Filipenses 1.6)

Deus não faz nada pela metade. A obra que Ele começou em sua vida, Ele vai completar. Desde que você permaneça atento à manutenção da sua fé, praticando o que aprender, a obra será concluída. Ninguém tem maior interesse em que isso aconteça do que o próprio Espírito de Deus.

“Eis que Eu estou contigo, e te guardarei por onde quer que fores (…) te não desampararei, até cumprir Eu aquilo que te hei referido” (Gênesis 28.15). Guardado e protegido por Deus, cabe a você a manutenção de sua fé. Por exemplo, tomando cuidado com palavras ditas ou dúvidas sopradas no pensamento.

A reconstrução do Templo foi interrompida por muitos anos com palavras de desânimo, de ameaça e conselhos de derrota: “Então, as gentes da terra desanimaram o povo de Judá, inquietando-o no edificar; alugaram contra eles conselheiros para frustrarem o seu plano, todos os dias de Ciro, rei da Pérsia, até ao reinado de Dario, rei da Pérsia” (Esdras 4.4,5).

Na reconstrução dos muros de Jerusalém, o exemplo do que é necessário para completar a reconstrução da vida: “Assim trabalhávamos na obra; e metade empunhava as lanças desde o raiar do dia até ao sair das estrelas. (…) cada um se deitava com as armas à sua direita” (Neemias 4.21;23). Atentos. Vigilantes. Firmes e decididos naquilo que determinaram. Assim se concluiu tudo o que Deus prometeu que seria concluído. Assim se completará a obra de Deus em sua vida.

(*) Fonte: livro “O Pão Nosso para 365 dias”, do Bispo Edir Macedo


  • Redação (*) / Foto: Thinkstock 


reportar erro