Rede aleluia
Ensinar a fé transformadora aos jovens que cumprem medidas socioeducativas
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta Redonda
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 7 de junho de 2019 - 14:55


Ensinar a fé transformadora aos jovens que cumprem medidas socioeducativas

Reuniões do grupo Universal Socioeducativo mostram que o trabalho feito ainda dentro das unidades alcança os resultados esperados

Ensinar a fé transformadora aos jovens que cumprem medidas socioeducativas

Ensinar a fé transformadora e resgatar jovens que cumprem medidas socioeducativas. Com esse objetivo, o grupo Universal Socioeducativo (USE) realiza um trabalho junto a unidades que atendem esses menores. Além disso, estende as ações fora das unidades. Há cerca de 1 ano, aos domingos, o grupo faz uma reunião com ex-internos e familiares.

O encontro acontece, simultaneamente, em toda a Universal no Brasil, onde há o trabalho do USE. No dia 2 de junho último, o Pastor Ulisses Gomes, coordenador nacional do grupo, reuniu 70 ex-internos e cerca de 50 familiares nas dependências do Templo de Salomão, em São Paulo.

“O objetivo é mostrar para quem um dia já cumpriu medida socioeducativa que existe uma vida melhor do que aquela que vivenciaram. Muitos desses jovens saem das unidades e enveredam novamente pelo mundo do crime. Mostramos a eles que o caminho a seguir é o da honestidade e de uma nova história a ser escrita fora das grades”, afirmou o Pastor.

Transformação de vida

A saber, durante o encontro, o Pastor Ulisses falou também a respeito da autoridade que Deus deu ao homem. “Ele não fez o homem para estar detido. Mas, as suas escolhas podem levar a essa prisão física e, consequentemente, à prisão espiritual, que é eterna. Por isso, se antes o jovem era a semente do mal, quando conhece a Deus passa a ser a semente do bem”, explicou.

Foi o que aconteceu ao jovem Cesar Furtado de Oliveira (foto ao lado), de 21 anos. Aos 13 anos, ele foi apreendido pela primeira vez. Cumpriu aproximadamente 3 anos e 8 meses de medida socioeducativa. Ademais, entre os seus delitos estavam roubos e assalto a residência, tráfico de drogas e desacato a autoridade.

Há 2 anos, Cesar é voluntário do grupo Universal Socioeducativo e relata como o trabalho transformou a sua vida.

“Nesse meio tempo, eu já tinha fugido e até organizei rebeliões. Mas, na minha última passagem pela unidade, quando fiquei por volta de 1 ano e 11 meses, um obreiro lutou pela minha alma. Ele ajudou a despertar a minha fé. Comecei a ler mais, inclusive os livros do Bispo Macedo, e decidi mudar. Fui batizado nas águas dentro da unidade. Em seis meses ganhei a liberdade. Eu estava com 19 anos. Desde então, sou um homem feliz, tenho paz. Hoje, eu entro nas unidades para fazer o mesmo trabalho que me salvou e ajudar outros jovens a conhecer o Reino de Deus”, contou.

Eficácia nos resultados 

Para o Pastor Ulisses, os encontros comprovam que o trabalho feito por pastores e voluntários, ainda dentro das unidades, é eficaz e alcança os resultados esperados. “Reunir essas pessoas tem uma importância muito grande, pois, é o fruto do trabalho sendo colhido. Enfrentamos muitas batalhas para chegar até esses jovens dentro das unidades socioeducativas. Então, quando nos procuram é um sinal de que o trabalho do grupo está sendo bem realizado e Deus tem sido o nosso tutor”, disse.

O grupo Universal Socioeducativo (USE)

O Universal Socioeducativo tem 8.340 voluntários em todo o Brasil que oferecem apoio social, psicológico e jurídico. Além de cursos, palestras, atividades culturais e esportivas. Em 2018, o grupo atendeu 213.804 jovens internos em todos os Estados brasileiros.

Veja outras ações do grupo acessando e curtindo a página oficial do grupo na rede social. Seja um voluntário do grupo e leve a Palavra para quem tanto precisa. Encontre o endereço de uma Universal mais próxima de sua casa.

 


Ensinar a fé transformadora aos jovens que cumprem medidas socioeducativas
  • Michele Roza / Fotos: Cedidas 


reportar erro