Rede aleluia

Notícias | 3 de novembro de 2019 - 00:05


Analise se você está sendo Invejosa

Leia até o final para descobrir se a inveja tem corrompido seu estado espiritual

Quando uma mulher admite que sente inveja, muitas vezes ela a chama de “inveja branca” – algo que ela não considera tão negativo. No entanto inveja não tem tamanho nem cor. Não se sentir bem com a felicidade dos outros, esnobar a conquista de alguém ou não demonstrar que apreciou o avanço alheio, além de recalque, podem ser formas de mascarar o sentimento de inveja. O desconforto de uma mulher solteira diante de outra que recebeu uma bênção sentimental também pode revelar uma postura invejosa. Além disso, as mulheres que não se resolveram completamente na vida espiritual também tendem a ser invejosas.

Falar do assunto pode ser delicado por vários motivos. A maioria consegue levantar a mão e dizer que foi vítima de um ato de inveja, mas quantas se atrevem a admitir que são elas as invejosas?

EU, INVEJOSA?
O termo inveja vem de “invidia”, que se assemelha a “olhar torto”, e a palavra deriva do verbo “invidere”, que significa “não ver”.

Independentemente de sua origem, é possível notar que a porta de entrada para a inveja é uma só: os olhos.

Para a colunista Viviane Freitas, “o cérebro absorve as informações enviadas pelos olhos e, se não estamos atentos, vigiando, imediatamente lançamos tudo o que vemos para o coração. Então julgamos, supomos, decidimos e tomamos atitudes erradas, na maioria das vezes, porque agimos por impulso, na emoção e no sentimento”.

A Palavra de Deus nos mostra um exemplo de comportamento invejoso: “(…) E Abel também trouxe dos primogênitos das suas ovelhas, e da sua gordura; e atentou o Senhor para Abel e para a sua oferta. Mas para Caim e para sua oferta não atentou. E irou-se Caim fortemente, e descaiu-lhe o semblante. E o Senhor disse a Caim: Por que te iraste? E por que descaiu o teu semblante? Se bem fizeres, não é certo que serás aceito? E se não fizeres bem, o pecado jaz à porta, e sobre ti será o seu desejo, mas sobre ele deves dominar.” (Gênesis 4.4-7). A marca do invejoso é o semblante caído e, por mais que tente disfarçar, seu interior se encontra afetado também.

MATE-A DE FOME
A mulher que escolhe viver de acordo com a Palavra de Deus precisa estar disposta a descobrir suas características para mudar o que for necessário. No entanto, diante do que é revelado por Ele, cabe a cada uma, exclusivamente, tomar essa decisão.

Se quer eliminar o monstro da inveja mate-o de fome: não dê a ele o olhar que ele precisa para sobreviver. Em vez disso, busque o Espírito Santo e Ele vai ajudá-la a se livrar desse sentimento.

Na maioria das vezes, a inveja é resultado da insegurança. Outra atitude que pode ajudar muitas mulheres a eliminar a inveja é aprender a conviver por algum tempo com a frustração de não ser ou não ter algo como gostaria.

E, por falar em tempo, pense que cada uma de nós tem o seu para alcançar suas realizações e talvez o seu ainda não tenha chegado. Confie no tempo de Deus e fortaleça sua confiança – pode ser isso que esteja lhe faltando. Quanto mais exercitá-la, mais você será feliz consigo mesma e também se alegrará pelos outros.


  • Flavia Francellino / Foto: Getty Images 


reportar erro