Rede aleluia

Notícias | 28 de abril de 2019 - 00:05


A fé criança

Leia a mensagem de hoje do livro “O Pão Nosso para 365 dias”

“Em verdade vos digo: Quem não receber o reino de Deus como uma criança de maneira alguma entrará nele.” (Lucas 18.17)

 

Não é infantilidade. É simplicidade. A criança bem pequena está disposta a obedecer à voz do seu pai. Obedece porque acredita; acredita porque depende dele; depende dele porque sabe que é pequena. Acredita que nele encontrará todas as respostas. Por isso, pergunta tudo. Quer saber tudo. Quer entender.

 

Inocente, acredita em tudo o que ele diz. Jamais imagina que o pai ou a mãe possam machucá-la. Tanto é que os pais devem orientá-la a não falar com estranhos. A não confiar em qualquer um. Se ela não confiasse com tanta facilidade, não precisaria dessa orientação.

 

Quando os pais falam, ela não duvida. Está sempre aberta a aprender e quer colocar em prática imediatamente o que o adulto lhe ensinou. Sua mente é uma esponja, pronta para absorver tudo o que lhe é ensinado. É assim que devemos receber o Reino de Deus. Sem dúvidas, sem desconfianças.

 

O Senhor Jesus é claro: quem não receber o Reino de Deus como uma criança, de maneira alguma entrará nele. Não é opcional. É a única maneira. Abandonar a malícia. Malícia dos desconfiados. Malícia dos religiosos. Malícia dos fofoqueiros. E receber o Reino de Deus como criança.

 

Com a pureza de criança. Com a inocência e simplicidade de uma criança. É necessário se humilhar diante de Deus em busca desse novo coração. Se não fosse possível, Ele não pediria.

 

(*) Fonte: livro “O Pão Nosso para 365 dias”, do Bispo Edir Macedo


  • Redação (*) / Foto: Thinkstock 


reportar erro