Rede aleluia
Sede de conhecimento ou sede de Deus?
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta RedondaCabo Frio
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Núbia Siqueira | 3 de Maio de 2021 - 22:45


Sede de conhecimento ou sede de Deus?

Leia e medite na mensagem de hoje

Sede de conhecimento ou sede de Deus?

O problema não é o que você não entende da Bíblia, mas o que você entende e não obedece.

Então, num mundo de tantas perguntas, será que realmente as pessoas estão buscando praticar a vontade de Deus, ou querem simplesmente o status de conhecedoras da letra?

Atentemos ao que está escrito: “a letra mata, mas o Espírito vivifica”.

Absorver boas informações sobre Deus, afinco no estudo da teologia, imitar referências de fé ou gratidão pelos milagres recebidos não são suficientes para a salvação.

Porque, a Palavra de Deus só gera vida quando sai da teoria para a prática. Do contrário, ela mata, gera a morte, e ainda condenará na eternidade.

Sem o “Espírito que vivifica” podemos nos tornar mestres como Nicodemos e permanecer na ignorância. Ou seja, lemos, ouvimos, estudamos e não entendemos nada de forma espiritual e correta.

Você já reparou como o Senhor Jesus sempre perguntava aos doutores da Lei: “Nunca lestes as Escrituras?”

Como assim? Que pergunta era essa? Jesus sabia que aqueles homens já nasciam ouvindo as Escrituras, aprendiam a ler com as Escrituras nas mãos, iam para escolas especializadas na Torá…

Eram 40, 50, 60 anos de experiência com o Texto Sagrado, mas sem nenhum proveito, na prática!

Diante desse caos, o que pode ser pior que uma vida inteira de engano?

Religiosidade mata, contudo, a revelação do Espírito Santo traz vida e vida abundante.

Não precisamos saber tudo sobre Deus, mas devemos obedecer a tudo que Ele nos mostrar.

Palavras duras, eu sei, mas não é a Verdade que liberta?


Sede de conhecimento ou sede de Deus?
  • Núbia Siqueira / Foto: Getty Images 


reportar erro