Rede aleluia
Cristianismo autêntico
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
GaranhunsRecife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta RedondaCabo Frio
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCaraguatatubaCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
Baln. CamboriúBlumenauCriciúmaFlorianópolis

Núbia Siqueira | 18 de Janeiro de 2023 - 22:19


Cristianismo autêntico

Leia e medite na mensagem de hoje

Cristianismo autêntico

Podemos mostrar a nossa fé e o nosso amor de duas formas:

1 . Com palavras

2 . Com atitudes

Até agora, não descobri outra forma. Tiago escreveu para um povo que achava suficiente dizer ter fé em Deus e que não precisava provar essa crença com obras. Justamente como muitas pessoas nos nossos dias…

Vemos gente crer e pregar um evangelho (minúsculo mesmo) sem cruz, sem sacrifício, sem trabalho, sem dores…

São pessoas que querem ser servidas com o melhor, mas não querem servir o seu melhor. Querem avaliar a oferta do outro, mas não querem ofertar. Querem se beneficiar do sacrifício do Senhor Jesus e dos Seus servos, mas não querem sacrificar.

Elas vivem no reino da sombra e da água fresca com uma fé enferrujada e um amor preguiçoso.

São ótimas para falar, mas péssimas para por as mãos no arado e trabalhar.

Por isso, Tiago fez um desafio direto para os irmãos dos seus dias: “Mostre-me a sua fé sem obras, e eu lhe mostrarei a minha fé pelas obras” (Tiago 2.18).

Ah! Que grande diferença há entre os que apenas falam de amor e de fé daqueles que, realmente, vivem e expressam com obras o que há dentro de si!

Isso tem um nome: cristianismo autêntico.

O resto é só blá, blá, blá do engano e do autoengano.

E para os que servem e são julgados pelos que não servem, fica o alerta: aquilo que é feito no Senhor e para o Senhor, jamais será esquecido. Se Deus Se esquecesse das nossas obras, Ele seria injusto, e sabemos que não há a menor chance disso acontecer.

Então, animem-se! Sirvam ao Altíssimo com uma fé e um amor visível, palpável e manifesto ao Seu povo cada vez com mais intensidade.

“Porque Deus não é injusto para se esquecer da vossa obra, e do trabalho do amor que para com o seu nome mostrastes, enquanto servistes aos santos; e ainda servis.” Hebreus 6:10


Cristianismo autêntico
  • Núbia Siqueira 


reportar erro