Rede aleluia

Núbia Siqueira | 8 de agosto de 2018 - 11:13


A porta que Deus fecha

Vivemos os tempos finais da humanidade, e creio que somos a geração que testemunhará a volta de Jesus. Digo isso por muitos motivos, entre eles, pela maneira como as pessoas vivem hoje.

O Senhor Jesus disse que Sua volta se daria quando os homens passassem a viver exatamente como viviam os habitantes do mundo nos dias de Noé. Veja!

“E, como foi nos dias de Noé, assim será também a vinda do Filho do homem. Porquanto, assim como, nos dias anteriores ao dilúvio, comiam, bebiam, casavam e davam-se em casamento, até ao dia em que Noé entrou na arca, e não o perceberam, até que veio o dilúvio, e os levou a todos, assim será também a vinda do Filho do homem.’’ Mateus 24.37-39

O período antediluviano foi marcado por um tempo em que as pessoas só se preocupavam com elas mesmas. Comiam, bebiam e se divertiam. Eram festas, prazeres e deleites, mas nenhum interesse por Deus.

Noé levou 100 anos para construir a arca, e, nesse período, pregou sobre o arrependimento. Ninguém deu ouvidos a ele, exceto sua própria família.

Os demais estavam tão ocupados e entretidos com a curtição da vida que não se deram conta do perigo que estavam correndo, até que Noé entrou na arca e Deus fechou a porta. Somente quando o céu ficou pesado e escuro, pronto para desabar o juízo de Deus, o povo se apercebeu da loucura que havia cometido.

Não é isso que também temos visto nos dias atuais?

Nossa geração chama o certo de errado e o errado de certo. A tecnologia cresce, o saber se multiplica, uma quantidade assustadora de informações corre por todo o planeta, mas nada disso torna o homem melhor. Pelo contrário, o ser humano está deixando de ser “humano”. Temos visto monstruosidades que nem um ser irracional é capaz de cometer.

E a tendência é que tudo isso piore.

Me desculpe se essa informação confronta e choca você que acredita que o mundo será melhor nos próximos anos. Sinto dizer que a pedofilia, os crimes hediondos, as traições, a egolatria, o desrespeito e tudo de mais pernicioso só tendem a aumentar, porque as pessoas estão bebendo iniquidade como se bebe água, sem medir as consequências disso.

Outro sinal da volta do Senhor Jesus é a apostasia, ou seja, o esfriamento da fé e do amor, numa escalada sem igual. E isso já presenciamos. Basta vermos os noticiários para nos certificarmos dessa realidade.

Então, no relógio do Céu, esses são os últimos minutos de graça e de oportunidade, antes que venha o juízo de Deus.

Lembre-se de que não foi Noé que fechou a porta, foi o próprio Todo-Poderoso, e ninguém poderia fechar tão bem como Ele.

Se você que lê agora este texto ainda não se entregou ao Senhor Jesus, corra e faça isso imediatamente, enquanto pode! O HOJE é um tempo precioso!

E se você já é de Deus e deseja permanecer até o fim, seja forte!

O conselho vale para todos: renuncie ao pecado e persevere em buscar uma vida de comunhão com Deus.

Estejamos continuamente na “arca”, pois, em breve, a porta se fechará e não haverá quem a abra!


  • Núbia Siqueira 


reportar erro