eb3c52f78ce3362254213324871c7984 Você busca um emprego? - Universal.org

Você busca um emprego?

Por Rê Campbell/ Fotos: Fotolia e Divulgação

O desemprego tem levado milhares de brasileiros a cair em armadilhas. Isso porque muitos golpistas estão aproveitando a falta de trabalho para criar anúncios falsos de processos seletivos. No Rio de Janeiro, uma quadrilha aplicou golpes em mais de dois mil desempregados entre novembro de 2017 e abril de 2018. Segundo denúncia feita em abril pelo Ministério Público do Rio de Janeiro (MP-RJ), a empresa de fachada atraía os desempregados com a oferta de falsas vagas de emprego.

A empresa, chamada IDM Importando do Mundo, pedia que cada candidato pagasse R$ 50 para a compra de um curso e indicasse mais cinquenta pessoas para adquirir o suposto treinamento. Ao final do contrato de experiência, mesmo que atingisse a meta estabelecida, a pessoa era demitida sem receber verba rescisória. O chamado golpe da pirâmide do emprego rendia até R$ 8 mil de lucro diário aos aproveitadores, de acordo com o MP-RJ. Os quatro integrantes da quadrilha foram denunciados pelos crimes de estelionato, associação criminosa e supressão de documento. Hoje, o Brasil tem 13,7 milhões de pessoas desempregadas, segundo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Golpe no WhatsApp

Em janeiro, pelo menos 1 milhão de brasileiros foram enganados com a falsa oferta de vagas em uma loja de chocolates. Segundo a empresa de segurança PSafe, os golpistas compartilharam um link via WhatsApp estimulando usuários a preencherem informações pessoais como nome, e-mail e residência para se candidatar às supostas vagas. Depois, os candidatos eram encaminhados a outra página que pedia o compartilhamento da mensagem em grupos de WhatsApp. Ao fornecer seus dados pessoais, o usuário fica vulnerável à ação de criminosos virtuais.

No mesmo mês, um anúncio de falsas ofertas de emprego nos Correios com salários de até R$4.903,05 se espalhou pelo WhatsApp e também atingiu mais de 1 milhão de acessos. Ao tocar no link falso, o usuário é encaminhado a uma página para fornecer dados pessoais e, posteriormente, é induzido a compartilhar o link para efetivar sua inscrição, segundo a PSafe.

Cuidados

Fellipe Silvester, especialista em comportamento e gestão de pessoas (foto abaixo), afirma que a busca por emprego exige muita atenção e pesquisa. “Como as pessoas querem um emprego, fica fácil usar esse gatilho para aplicar golpes. A dica é desconfiar de vagas urgentes, cobranças de taxas e ofertas muito acima da média do mercado”, alerta.


Ao encontrar uma vaga de trabalho, o candidato deve buscar o nome da empresa na internet, visitar o site oficial, verificar se existe um endereço fixo e avaliar possíveis reclamações. “Uma vaga de emprego de verdade nunca cobra por nenhuma preparação ou entrada na empresa, até porque isso é ilegal”, detalha Silvester.

Rosana Daniele Marques, gerente de Gestão de Pessoas da Crowe Horwath, explica que os aproveitadores usam a fragilidade emocional das vítimas. “Os golpistas acabam fazendo um jogo emocional, pois a pessoa normalmente está fragilizada, já enviou muitos currículos e está preocupada com as contas a pagar”, destaca.


Mais chances

Para enfrentar a busca por trabalho, Rosana diz que é importante identificar os próprios sentimentos e fazer um plano detalhado. “O candidato pode traçar caminhos, mapear os sites de busca de emprego e esquematizar as atividades cotidianas. O planejamento ajuda a manter o foco e a afastar o desânimo”, esclarece.

Segundo ela, se a pessoa não está conseguindo o emprego que gostaria, ela pode pensar em alternativas que ajudem a chegar à meta desejada. “Alguns trabalhos funcionam como pontes. Eles ajudam a pessoa a sair do zero, pagar as contas, movimentar a rede de relacionamentos e fortalecer a autoestima”, afirma.

Fellipe Silvester acrescenta que a proatividade e a atualização constante também são diferenciais para a recolocação no mercado. “O profissional precisa se atualizar e aprimorar suas habilidades para concorrer às vagas que deseja. Ele também deve ter iniciativa, ir atrás do que deseja, entrar em contato com empresas alinhadas a seus valores e mostrar a elas que tem vontade de contribuir”, ensina.

O especialista ainda destaca a importância de manter o bom relacionamento com outras pessoas. “Tenha bons contatos e gere conexões verdadeiras, pois são elas que vão levar você a um próximo nível”, finaliza.

Vida financeira

Quer aprender a enfrentar as dificuldades do mercado de trabalho e se tornar uma pessoa vencedora? Então, não perca o Congresso Para o Sucesso, que acontece às segundas-feiras, no Templo de Salomão. Para encontrar uma Universal mais próxima de você, acesse www.universal.org/enderecos.

Caso queira adquirir o livro “50 Tons Para o Sucesso”, que contém dicas para a vida profissional e financeira, acesse o Arca Center, clicando aqui.

ler mais
Reportar erro

comentários

Carregar mais

Comunicar Erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente

Expediente

Editora Executiva:

Cinthia Meibach

Coordenadora de Conteúdo Web:

Ivonete Soares

Repórteres:

Andre Batista, Daniel Cruz, Débora Picelli, Jeane Vidal, Michele Roza, Rafaela Dias, Rafaella Rizzo, Sabrina Marques



E-mail para Contato: redacao@sp.universal.org.br

Telefone: (11) 2392-3372

Endereço: Rua João Boemer, 254 - Brás, São Paulo

Cep: 03018-000