Templo Satânico cria programa educacional que ensina o satanismo

Por Andre Batista / Imagens: Divulgação

As escolas dos Estados Unidos da América (EUA) estão se preparando para o início do ano letivo, que, com pequenas variações de escola para escola, acontecerá entre agosto e setembro. E uma das maiores novidades é a possibilidade de as escolas públicas oferecem aulas de satanismo.

Essa opção existe porque uma associação chamada Templo Satanista dos EUA elaborou um projeto educacional para oferecer aos alunos, como aula complementar, a possibilidade de aprenderem a ser satanistas.

“O Templo Satânico é uma religião igual a qualquer outra, na medida em que nós (membros) temos um senso de identidade, comunidade, estrutura narrativa, cultura e valores compartilhados”, afirmou a porta-voz do da associação Chalice Blythe à rede BBC.

A proposta do projeto, denominado “After School Satan Program” (“Programa Satã Após a Escola”, em tradução livre) é que, uma vez por mês, os alunos de escolas públicas tenham acesso à educação do satanismo. As imagens nessa matéria são parte do material de divulgação desse projeto.

Preparando o caminho para o anticristo

Desde 2001, o Governo americano permite que as escolas ofereçam aulas religiosas como atividade complementar. Assim, muitos colégios possuem programas educativos islâmicos, budistas e de diversas outras religiões. Cada escola escolhe quais programas manterá e cada família decide se seus filhos podem ou não participar daquela atividade. Por ser a religião que mais possui adeptos no país, o cristianismo também é a religião que mais se apresenta nas escolas. E é isso que incomoda o grupo satanista.

Para combater a propagação do cristianismo, o Templo Satanista quer introduzir livros didáticos sobre sua religião, atividades extracurriculares e até mesmo construir estátuas em homenagem ao diabo.

A verdade é que, como a própria porta-voz do Templo Satanista admite: o verdadeiro objetivo não é ensinar algo bom às crianças, mas impedir que o cristianismo siga sendo propagado. E isso nada mais é do que a preparação do caminho para o anticristo.

No livro Estudo do Apocalipse, o bispo Edir Macedo explica que o nome “anticristo” significa alguém que se opõe a Cristo e se levanta contra Deus.

Daí a razão por que o apóstolo Paulo se refere ao anticristo dessa maneira:

o qual se opõe e se levanta contra tudo que se chama Deus ou é objeto de culto, a ponto de assentar-se no santuário de Deus... Tessalonicenses 2.4

Acrescentamos ainda que o anticristo surgido do mar, isto é, a primeira besta, de acordo com a descrição do Senhor Jesus, dos apóstolos e dos profetas, tem características distintas e dele se diz o seguinte: Homem da iniquidade – também chamado “homem do pecado”. O anticristo é um homem de caráter assentado no pecado.

Filho da perdição – alguém cujo destino é ser destruído sob a justa ira de Deus.

O anticristo é uma encarnação do diabo, pois este, como um espírito, precisa usar um corpo humano para difundir os seus intentos. O rei de Tiro, na época de Ezequiel, por exemplo, foi uma encarnação de Lúcifer (Ezequiel 28).

Faraó, rei do Egito, também encarnou o espírito satânico. Todos os imperadores romanos se autointitulavam “divinos”, e até exigiam o culto pessoal. Nero e Domiciano, especialmente, tinham ódio mortal dos cristãos, porque estes se recusavam a lhes prestarem culto de adoração.

Portanto, o plano do mal para esses últimos tempos é sacrificar os verdadeiros cristãos, ou seja, aqueles que se opuserem à sua suposta autoridade.

Mas Deus não vai permitir o sofrimento dos Seus filhos, pois antes de o anticristo se manifestar, a Igreja do Senhor Jesus será arrebatada.

Se você deseja saber mais sobre o que está prestes a acontecer neste mundo, de acordo com as revelações feitas na Bíblia, participe do Estudo do Apocalipse, que acontece todos os domingos, às 18 horas, no Templo de Salomão, Av. Celso Garcia, 605, Brás, zona leste da capital paulista. Se você está distante, pode acompanhar a reunião pelo Univer. Clique aqui e saiba mais.

ler mais
Reportar erro

comentários

Carregar mais

Comunicar Erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente