Rede aleluia
Você tem usado sua fé para ferir ou para falar com Deus?
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta Redonda
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 30 de setembro de 2020 - 00:23


Você tem usado sua fé para ferir ou para falar com Deus?

Assunto foi tema da primeira Vigília da Rocha. Saiba mais

Você tem usado sua fé para ferir ou para falar com Deus?

Durante a peregrinação dos filhos de Israel rumo à Terra Prometida por Deus, ao entrarem no deserto de Zim, Miriã morreu. E ali, por não haver água para a congregação, eles se reuniram contra Moisés e Arão. Tal situação, no entanto, revelou alguns importantes cuidados que o servo deve ter no tocante à sua comunhão com Deus.

Esse assunto foi abordado pelo Bispo Júlio Freitas, responsável pelos Obreiros no Brasil, durante a Vigília da Rocha, realizada no último sábado (25), diretamente do Templo de Salomão, em São Paulo, e transmitida para todo o Brasil.

Mais de 3,5 milhões de pessoas não respeitaram o luto do seu líder, que estava sepultando a irmã mais velha. “E assim o fizeram, porque não respeitaram a Deus; e quando não O respeitamos, também não respeitamos o nosso próximo”, pontuou o Bispo, durante o encontro.

Diante desta situação, vale, também, um alerta – ressaltou o Bispo – a respeito do cuidado que uma pessoa deve ter ao se levantar contra um servo de Deus, independentemente da posição que ocupa. Pois, muitos atraíram maldição sobre si mesmos, e a queda e a vergonha foram inevitáveis.

Murmuração

Ao se reunir contra Moisés, o povo murmurava dizendo que melhor teria sido se tivessem perecido do que chegar àquela situação. Esqueceram, porém, que Deus não nos conduz a nenhum lugar mau. Mas, também, não nos conduzirá a facilidades. E isso Ele faz para ficar evidente que a condição vem Dele.

Diante de tanta afronta, em vez de “bater boca”, Moisés e Arão foram à Tenda da Congregação e se humilharam a Deus. E Ele deu a direção do que deveriam fazer para atender à demanda do povo:

Toma a vara, e ajunta a congregação, tu e Arão, teu irmão, e falai à rocha, perante os seus olhos, e dará a sua água; assim lhes tirarás água da rocha, e darás a beber à congregação e aos seus animais.Números 20.8

Contudo, Moisés se deixou influenciar pela queixa do povo:

…e Moisés disse-lhes: Ouvi agora, rebeldes, porventura tiraremos água desta rocha para vós? Então Moisés levantou a sua mão, e feriu a rocha duas vezes com a sua vara, e saiu muita água; e bebeu a congregação e os seus animais.” Números 20.10,11

“Ali, Moisés, apesar de ter resolvido o problema do povo, criou um problema para ele, porque a Rocha não era para ser ferida”, destacou o Bispo.

Isso revela o cuidado que devemos ter quanto às vozes que tentam nos tirar do Espírito.

Por fim, o Bispo Júlio advertiu que tem muita gente que usa a fé para “ferir o Altar”, querendo impor a sua vontade. Mas, tudo isso acontece, porque dão ouvidos às vozes deste mundo. Até têm fé, são de Deus, mas não possuem este discernimento e, quando vão para o Altar, em vez de falar com Deus, O ferem.

Assista no vídeo abaixo à reunião na íntegra:


Você tem usado sua fé para ferir ou para falar com Deus?
  • Núbia Onara / Foto: Reprodução 


reportar erro