Rede aleluia
Você tem desejado outros deuses?
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta RedondaCabo Frio
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCaraguatatubaCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 25 de Julho de 2021 - 00:05


Você tem desejado outros deuses?

Para satisfazer as próprias vontades, muitas mulheres se sujeitam a qualquer coisa

Você tem desejado outros deuses?

Quando a mulher decide viver de forma inconsequente e busca caminhos que agradam apenas a ela, ela gera resultados ruins tanto para sua vida quanto para a de pessoas que estão ao seu redor. Muitas mulheres servem a outros deuses para viver do jeito que desejam e se esquecem de Deus. Entre esses deuses estão o dinheiro, as bebidas e os relacionamentos. Para ter Deus como seu Senhor, é necessário disciplina, reverência e obediência, preceitos aos quais muitas não querem se sujeitar.

A colunista Viviane Freitas falou desse assunto em um podcast publicado em seu blog. Nele, ela destacou o versículo bíblico em que Deus fala com Samuel depois de o povo ter pedido um rei: “E disse o Senhor a Samuel: Ouve a voz do povo em tudo quanto te dizem, pois não te têm rejeitado a ti, antes a mim me têm rejeitado, para eu não reinar sobre eles. Conforme a todas as obras que fizeram desde o dia em que os tirei do Egito até ao dia de hoje, a mim me deixaram, e a outros deuses serviram, assim também fazem a ti.” (1 Samuel 8.7-8).

A escritora refletiu sobre esse acontecimento. “As obras falam de você, das suas ações e de seus investimentos de vida. Esses trabalhos têm consequências e apontam quem é o seu deus. Desde que o povo de Israel saiu do Egito, ele permanecia errando ao dar preferência a outros deuses”, disse.

Hoje isso ainda acontece com muitas pessoas que, na maioria das vezes, até conheceram a Deus e tiveram um livramento, mas são guiadas por suas vontades pessoais. “Quando uma pessoa vive de acordo com sua vontade e quer eleger outro deus é porque ela quer viver na baderna, na bagunça, na mentira e na ilusão. Quando você faz isso, você fere a si mesmo e às pessoas próximas. Você não rejeita apenas a Deus, mas fere as pessoas que estão ao seu redor.”

O povo de Israel estava pedindo um rei constantemente, tanto que Deus falou a Samuel: “Agora, pois, ouve à sua voz, porém protestalhes solenemente, e declaralhes qual será o costume do rei que houver de reinar sobre eles.” (1 Samuel 8.9).

A colunista explicou o que aquela atitude significava: “quando o povo queria um rei, em vez de Deus, é porque estava persistindo no seu jeito, nos seus erros e nas suas obras. Aquelas pessoas não se deram conta de que aquilo estava ferindo a Deus, mas Ele não podia interferir na vontade delas”. Deus deixa que o ser humano use o livre-arbítrio e cada um escolhe o caminho a seguir, mas a maioria faz mau uso desse direito.

Viviane disse que Deus não interfere nas decisões de ninguém, mas que há consequências boas e ruins em todas elas: “Deus não pode interferir na sua vontade. É você que, de bom grado, deve servir com gratidão e não por imposição”.


Você tem desejado outros deuses?
  • Camila Teodoro / Foto: Getty images 


reportar erro