Rede aleluia
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta Redonda
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 15 de março de 2019 - 20:16


Você tem condições de tomar posse das promessas de Deus?

Participe da Nação dos 318, nesta segunda-feira, e entenda o que Ele espera de você

Herdeiro é a pessoa que tem direito a uma herança. Suponhamos que um pai multimilionário tenha falecido, e ele tinha um filho. No testamento, determinando a partilha dos bens, este filho tem direito a milhões, mas por só ter 13 anos de idade, a lei diz que não poderá assumir a fortuna deixada pelo pai.

Então, até que alcance a maioridade e possa administrar o próprio patrimônio, o mesmo ficará nas mãos de tutores.

Ou seja, ele terá que crescer e alcançar maturidade para usufruir plenamente da herança.

É exatamente isso que o apóstolo Paulo diz em Gálatas:

“Digo, pois, que todo o tempo que o herdeiro é menino em nada difere do servo, ainda que seja senhor de tudo; Mas está debaixo de tutores e curadores até ao tempo determinado pelo pai.” Gálatas 4:1,2

Em recente reunião da Nação dos 318, em São Paulo, o Bispo Edson Costa ressaltou que não é por acaso a Bíblia ser dividida em Velho e Novo Testamento. “Ao todo, são 66 livros onde estão contidas mais de 8 mil promessas de vitória, mas ninguém poderá alcançá-las enquanto for ‘menino’ na fé”, destacou.

O Bispo explicou que Deus também nos trata de igual modo, e não vai dar algo grande na mão de uma pessoa que não está preparada para aquilo, pois ao invés de ser uma bênção, será um grande problema.

Por essa razão, o apóstolo compara a condição de um herdeiro que ainda não tem condições para assumir a herança com a de um escravo.

“Quantos alcançaram a prosperidade e viraram as costas para Jesus, mostrando assim que eram meninos na fé? Deus está te chamando para crescer. Crescer mentalmente, na sua visão, espiritualmente, como pessoa, porque é a única maneira de você herdar o que foi prometido na Palavra de Deus”, orientou o Bispo Edson.

De acordo com a sua visão

O Bispo ressaltou que cada pessoa tem uma visão do que é prosperidade. Para uns, por exemplo, é ser promovido no lugar onde trabalha. Para outros é ter sua própria empresa. “E é de acordo como essa visão – que vai crescendo e amadurecendo – que Deus vai entregando nas mãos da pessoa. Somente quando a visão da pessoa se amplia ela começa a tomar posse das promessas de Deus para a sua vida”.

Quer saber mais sobre esse e outros assuntos relacionados à prosperidade e vida financeira? Participe da Nação dos 318, aprenda a desenvolver sua fé e a tomar posse das promessas de Deus.

Ela acontece todas as segundas-feiras, no Templo de Salomão, localizado na Avenida Celso Garcia, 605, no Brás, zona leste de São Paulo. Os horários são 7h, 10h, 12h, 15h, 18h30 e, especialmente, às 22h.

Encontre o endereço de outras igrejas Universal em nosso site


  • Núbia Onara / Foto: iStock 


reportar erro