Rede aleluia
Você sabe o que é o Mídia FJU?
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta RedondaCabo Frio
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCaraguatatubaCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 19 de Junho de 2019 - 13:24


Você sabe o que é o Mídia FJU?

O grupo possui mais de 8 mil voluntários e atua na divulgação das ações da Força Jovem Universal. Saiba mais

Você sabe o que é o Mídia FJU?

No dia 21 de junho é comemorado o dia do profissional de mídia. Independentemente de qual veículo seja, aquele que trabalha com mídia, tem o foco em informar a população. Seja por meio da televisão, rádio, jornal, revista ou internet, o profissional de mídia dedica-se a levar sua mensagem ao máximo de pessoas possível.

De acordo com a pesquisa TIC Kids Online, divulgada no ano passado, 44% dos jovens e adolescentes brasileiros, com idade entre 9 e 17 anos, utilizam a internet apenas por meio de um celular. O estudo ainda destacou que 85% dessa população utilizou a internet ao menos uma vez em três meses. O número chega a mais de 24 milhões de jovens.

Em um cenário onde milhões de informações, boas ou ruins, passam na palma da mão desses adolescentes e que, muitas vezes, nem os pais sabem o que os filhos acessam, é fundamental que outros jovens também estejam na internet levando uma esperança de vida e, sobretudo, a Palavra de Deus com uma linguagem jovial e atual. Neste momento entra o grupo Mídia FJU.

Os integrantes são responsáveis por registrar momentos, mas também divulgar campanhas e ações da FJU nas redes sociais.

O grupo funciona como uma agência de comunicação. É dividido entre os departamentos: Jornalismo, Audiovisual, Marketing e Design. Juntos, os mais de 8 mil voluntários no Brasil, pensam em campanhas de divulgação antes, durante e depois de reuniões, eventos, ações sociais e encontros da FJU.

Há ainda o Mídia Internacional, que atua auxiliando a FJU de outros países, traduzindo logos e conteúdos de campanhas.

Em entrevista exclusiva ao Portal Universal.org, o Bispo Celso Junior, atual coordenador da Força Jovem Universal no Brasil, destacou que o trabalho do Mídia é fundamental para alcançar jovens que, normalmente, não seriam alcançados.

“Hoje a internet é um mundo totalmente distinto do mundo real. Muitos jovens não são alcançados por meio de uma evangelização corpo a corpo, mas podem ser alcançados através de uma postagem, com uma mensagem forte, um vídeo ou um testemunho, por exemplo”, pontuou o Bispo.

Além disso, o Bispo ainda destaca que, sobretudo, o trabalho exercido pelo Mídia FJU é um trabalho de fé. “Eles possuem um papel fundamental. Nós fazemos o trabalho da fé, e o Mídia é a ferramenta que nos auxilia a divulgar este trabalho”, disse.

Descoberta profissional

Muitos voluntários ingressaram nas atividades do grupo com vontade de servir a Deus, mas descobriram um talento e tornaram essas atividades, uma profissão. Como é o caso da Damilly Moura Lisboa (foto ao lado), de 30 anos. Ela é voluntária do grupo há 6 anos. Após aceitar o convite para conhecer a FJU, Damilly teve sua curiosidade despertada pelo Mídia.

“Na época, eu trabalhava no departamento de marketing de uma empresa. Então, o projeto me chamou atenção por ser como um ‘marketing’ da FJU”, pontuou a jovem.

Quando Damilly decidiu ser voluntária do grupo, ela era estudante do último ano de Ciências Contábeis, contudo, não se sentia feliz com a área. Por ter comprado uma câmera profissional para ajudar nas atividades do grupo, Damilly, um dia, foi convidada por uma amiga para fotografar uma festa.

“Como eu já estava fotografando na igreja e já tinha uma boa noção de fotografia, acabei me dando bem na área e me identifiquei muito. Foi uma paixão que descobri dentro do projeto. Saí da empresa que trabalhava e fiquei apenas atuando na fotografia. Abri minha própria empresa e fui crescendo cada vez mais na área”, lembra a jovem.

Além disso, ela ainda garante que o projeto também a ajudou espiritualmente. “Pois, mesmo já indo à igreja, eu não havia me entregado 100% a Deus. Depois que entrei na FJU, aprendi como isso era possível: acordei e percebi que os anos que estava na igreja não valeram de nada, pois eu não era salva”, ponderou Damilly.

Do projeto Mídia para a Vida

Quando o publicitário Alan Patrick de Oliveira Silva, de 35 anos, chegou ao grupo FJU tinha apenas 17 anos. Conheceu a Universal após um relacionamento amoroso conturbado e problemas com maconha, cocaína e bebidas alcoólicas. Livre desses problemas, o jovem, que já possuía habilidades para desenho, passou a usar o seu talento, a fim de ajudar na evangelização do grupo.

Vendo suas habilidades sendo aprimoradas, Alan ingressou no curso de graduação em Publicidade e Propaganda. Logo, as portas foram se abrindo e o jovem chegou a trabalhar em uma agência de publicidade.

“Deus me abriu uma porta numa agência de propaganda. Minha prima trabalhava nessa agência, e após saber que eles não estavam conseguindo aprovar um projeto de logotipo, porque o cliente não estava gostando do estilo, ela falou de mim, que tinha talento pra desenho”, lembra o jovem.

Além disso, ele ainda garante que o projeto também o auxiliou com suas habilidades. “Até então só lidava com design, mas por meio do Mídia, desenvolvi a fotografia, edição de vídeos, criação de roteiros. Amadureci a comunicação nas áreas de jornalismo e redes sociais”, destacou.

E o sucesso tem acompanhado a trajetória de Alan. Apenas em 2018, o jovem cobriu 147 eventos. Em 2019, já foram 45. “Esse ano de 2019 também abrimos o nosso estúdio. Um sonho antigo que esse ano Deus nos permitiu realizar. É gratificante e, ao mesmo tempo, renovador saber que você está ajudando a ganhar almas através do seu talento”, concluiu.

Para o Bispo Celso Junior, por meio do projeto, as habilidades são, sobretudo, afloradas. “No dia a dia em que o jovem se envolve com o projeto, ele pode aprender coisas novas e desenvolver as aptidões que já possui”, concluiu.

Faça Parte

O foco principal do grupo é ajudar outras pessoas, por isso, para fazer parte do grupo é necessário que o voluntário seja responsável, membro da Universal e da FJU.

Ademais, o Mídia está presente onde há uma Universal. Se você deseja saber mais sobre o projeto, acesse a página oficial do grupo, nas redes sociais ou encontre a Universal mais próxima de você, clicando aqui. Se você é de São Paulo, também pode conhecer a sede nacional do grupo, localizada na Avenida Celso Garcia, 499, Brás, São Paulo.


Você sabe o que é o Mídia FJU?
  • Rafaela Dias / Fotos: Cedidas 


reportar erro