Rede aleluia
Você precisa fazer esta escolha
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
GaranhunsRecife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta RedondaCabo Frio
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCaraguatatubaCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 13 de Janeiro de 2022 - 13:58


Você precisa fazer esta escolha

Todos terão que passar por esta decisão. Saiba o que fazer

Você precisa fazer esta escolha

“Tempo é dinheiro”. Esta frase já deve ter sido ouvida por você em algum momento de sua vida. O conceito que está embutido nesta ideia é o de que para se produzir e conquistar algo, eu preciso de tempo. Consequentemente, o tempo é um recurso valioso.

Entretanto, o problema é que a maioria das pessoas não se atentam para o fato de que o tempo neste mundo influencia algo muito maior do que bens materiais.

Pense sobre isto

Durante a programação Inteligência e fé, do dia 13 de janeiro, o Bispo Renato Cardoso jogou a seguinte questão para reflexão: “Nós sabemos muito bem o valor das coisas físicas, mas quanto custa algo que dura para sempre?”

Nós sabemos que o nosso tempo nesta Terra é limitado. O próprio planeta e a biodiversidade que há nele estão em risco. Quantas vezes acompanhamos noticiários sobre cientistas alertando para os desastres naturais e o impacto que a humanidade pode ter nisso?

“Os cientistas sabem que esta Terra vai acabar. Eles só não sabem como e quando. Mas eles sabem que essa Terra não vai durar para sempre”, alertou o Bispo.

Assim, também acontece com o corpo humano, que vive por no máximo 100 anos, aproximadamente.

Desse modo, só há uma coisa que dura para sempre, pois, ela não está conectada com este mundo: a sua alma.

Certa vez, o Senhor Jesus disse: “E não temais os que matam o corpo e não podem matar a alma; temei antes aquele que pode fazer perecer no inferno a alma e o corpo.” Mateus 10:28

Em outras palavras, você é uma alma que vive em um corpo físico temporário debaixo do sol. E quando este corpo morrer a alma vai continuar, porque ela é eterna.

O valor da sua alma

“Se coisas perecíveis – como a sua casa, roupa, comida – tem um valor, por vezes até altíssimo, e são coisas que vão acabar, então qual é o valor da sua alma, que é eterna? Se tempo é dinheiro, quanto custa algo que é eterno?”, continuou o Bispo.

A Bíblia diz que a sua alma é caríssima, é o que você tem de mais precioso. Então, o que você tem feito a respeito deste “bem”. O que vai acontecer com a sua alma, quando o seu corpo perecer? Você com certeza sabe, instintivamente, que esta vida não acaba aqui.

“Você é uma alma e você precisa definir o destino dela ainda em vida”, enfatizou o Bispo.

Desde o princípio, a humanidade caminha para a perdição eterna. Mas Deus criou um plano para nos Salvar. Ele enviou o Seu Único Filho, o Senhor Jesus, para trocar de lugar conosco na cruz e nos dar a chance de arrependimento e salvação. Não despreze este sacrifício.

Portanto, busque a presença de Deus enquanto há tempo. Você pode participar de um encontro no Templo de Salomão ou em uma Universal mais próxima (consulte o endereço aqui).

Clique aqui e acompanhe esta e outras mensagens do Bispo Renato Cardoso na íntegra.


Você precisa fazer esta escolha
  • Da Redação / Foto: iStock 


reportar erro