Rede aleluia
Você perdoaria o assassino dos seus filhos?
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta RedondaCabo Frio
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCaraguatatubaCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 13 de Setembro de 2021 - 15:49


Você perdoaria o assassino dos seus filhos?

Uma mãe indonésia deixa lição importante ao perdoar os terroristas responsáveis pela morte dos seus dois filhos em ataque  

Você perdoaria o assassino dos seus filhos?

Você conseguiria perdoar os assassinos dos seus filhos? Pois a indonésia Wenny Angelina Hudojo foi capaz de fazer isso e perdoar os terroristas ligados ao Estado Islâmico que mataram os seus filhos. Deixando uma grande lição sobre a importância de liberar perdão, independente das circunstâncias. 

Em Surabaya, na Indonésia, na manhã de 13 de maio de 2018, Wenny foi à Igreja com Vincentius Evan Hudojo, de 11 anos, e Nathanael Ethan Hudojo, de oito.

Ao se aproximarem do prédio, adolescentes em uma motocicleta detonaram bombas caseiras na primeira de uma série de explosões em Surabaya.

Uma forte explosão abalou o lugar. Wenny instintivamente estendeu a mão para seus filhos. Ela os encontrou ensanguentados e caídos no chão. Ela própria ficou gravemente ferida.

Os meninos morreram posteriormente no hospital.

“Eu os amo muito, e eles definitivamente amavam sua mãe. Além disso, nosso Senhor sempre nos ensina a amar as pessoas más. Isso é amor verdadeiro”, declarou Wendy em recente entrevista ao jornal South China Morning Post.

Mesmo em luto, a mãe viu os jovens que assassinaram seus filhos como vítimas da ideologia extremistas pela qual foram influenciados pelos próprios pais. 

“Os dois terroristas também são vítimas. Eu sinto muito por eles. Eles não deveriam ter sido transformados em vítimas ”, disse ela. 

Poder que vem de Deus 

Além de ter comprovação científica, do quanto o perdão faz bem para o corpo humano, a Bíblia ensina em diversos trechos como perdoar é ainda mais benéfico para a alma. 

“Perdoa-nos os nossos pecados, pois nós mesmos também perdoamos a todo aquele que está em dívida conosco.” Lucas 11:4 

Assim como na oração do Pai Nosso, que afirma que se formos capazes de perdoar, também não poderemos ser perdoados por Deus. 

você perdoaria o assassino dos seus filhosSomente após o perdão a pessoa pode ser livre para viver uma vida normal. Como conta Irzabete Raimundo, de 51 anos, que teve o filho morto pelo próprio marido. “Ele me telefonou o dia todo e na última ligação disse que eu deveria ir buscar um ‘presente’. Chegando lá, vi a pior cena da minha vida: ele tinha matado nosso filho de 5 anos na frente do irmão, só para me ferir”, lembrou.

Isso a fez começar a usar drogas, tentar suicídio três vezes, abandonar o outro filho e deixar de acreditar em Deus. Sem saída e reconhecendo que estava se destruindo a cada dia, Irzabete foi evangelizada com um jornal Folha Universal, que falava justamente sobre o poder do perdão. 

“Procurei meu ex-marido na prisão e, olhando em seus olhos, pedi que me perdoasse por eu não ter conhecido Deus antes daquela situação ter acontecido. A partir daquele momento, me senti livre e capaz de também perdoá-lo. E assim fiz”, esclareceu ela. Veja relato completo.

Ajuda e apoio espiritual

Você está passando por uma tragédia familiar ou guarda mágoa que tem lhe causado dor e sofrimento? Não precisa enfrentar isso sozinho (a). Procure uma Igreja Universal mais próxima de você para aprender sobre os ensinamentos de Jesus acerca do perdão. E participe das reuniões de quarta-feira, da Escola da Fé. Encontre um endereço perto de você.


Você perdoaria o assassino dos seus filhos?
  • Isabel Tavares - Foto: South China Morning Post 


reportar erro