Rede aleluia

Notícias | 22 de novembro de 2018 - 00:05


Você já pensou que pode estar sendo rejeitado por Deus?

Quando você vai ao Altar e ele faz um raio-X do seu coração, o que Deus vê?

Recentemente, em um de seus podcasts, o Bispo Renato Cardoso falou sobre a razão de algumas pessoas serem aceitas por Deus, enquanto outras são rejeitadas por Ele.
Com base no versículo abaixo, ele destacou o respeito e a reverência que devemos ter para com o Altar.
“Portanto, se trouxeres a tua oferta ao altar, e aí te lembrares de que teu irmão tem alguma coisa contra ti, deixa ali diante do altar a tua oferta, e vai reconciliar-te primeiro com teu irmão e, depois, vem e apresenta a tua oferta. Concilia-te depressa com o teu adversário, enquanto estás no caminho com ele, para que não aconteça que o adversário te entregue ao juiz, e o juiz te entregue ao oficial, e te encerrem na prisão.” Mateus 5.23-25
Por meio dessa passagem, o Senhor Jesus nos mostra que de nada vale a oferta se o coração está corrompido, cheio de mágoas, inveja, ressentimentos, falsidade e malícia.
E isso não diz respeito apenas à oferta material, mas à nossa vida como um todo. Uma vez que a própria vida é a maior e a mais valiosa oferta que alguém pode oferecer a Deus.
Contudo, de que adianta oferecê-la se a nossa conduta, o nosso comportamento e as nossas ações O desonram? Ou qual a razão da prática de boas obras, se a intenção é má?

O Altar é a representação de Deus

Os fariseus, que eram os religiosos da época, valorizavam mais a oferta do que o Altar, porque a usavam para o próprio proveito e, portanto, não estavam preocupados se as pessoas obteriam ou não resultados da oferta que apresentavam. Mas, o Senhor Jesus – com essa passagem – mostrou justamente o contrário.
De acordo com o Bispo Renato, o que o Senhor Jesus estava dizendo é que as pessoas deveriam ter um extremo cuidado com o que – e de que forma – elas ofertam no Altar. Pois, é preciso respeitá-lo como a representação de Deus.

Rejeitado por Deus

“Não adianta nada você trazer uma bela oferta, se no seu coração está mal com um irmão. Primeiro você tem de consertar o que está dentro de si. Ou seja, se o Altar percebe que o seu coração está doente, está mal, de que adianta a sua oferta? O Altar conhece as nossas intenções. Pense nisso”, aconselhou o Bispo.
Essa é a razão de muitas pessoas serem rejeitadas por Deus em suas orações. Porque, assim como Caim, essas pessoas – por meio das ofertas que apresentam -, demonstram uma profunda falta de consideração para com o Altíssimo.
“Deus sabe o que está dentro de nós. E é exatamente no Altar que nós provamos as nossas intenções. Então, esse respeito com o Altar é um exame do nosso estado espiritual. O Altar faz um raio-X do ofertante para mostrar se o coração dele está aprovado diante de Deus ou não”, explica o Bispo.
Avalie: Quando você vai ao Altar e ele faz um raio-X do seu coração, o que Deus vê? O seu estado espiritual é o reflexo de como você tem tratado o Altar. “Quem desdenha o Altar, desdenha Deus”, alerta.
 “…porque aos que Me honram honrarei, porém os que Me desprezam serão desprezados.” 1 Samuel 2.30
 


  • Jeane Vidal / Foto: istock 


reportar erro