Rede aleluia

Notícias | 29 de abril de 2018 - 03:05


Você conhece o programa Momento do Presidiário?

Ele vai ao ar todos os dias, às 21 horas, ao vivo, pela Rede Aleluia de rádio. Saiba mais detalhes

Você sabia que o Brasil possui a terceira maior população carcerária do mundo? Os dados são do Levantamento Nacional de Informações Penitenciárias (Infopen) e foram divulgados no ano passado pelo Departamento Penitenciário Nacional (Depen), do Ministério da Justiça e, infelizmente, refletem um grave problema social. Os números mostram que existem 726 mil presos no País.

Diante desse quadro, tanto detentos quanto familiares e toda a sociedade recebem o peso das consequências. Contudo há uma saída e ela somente pode ser encontrada no Senhor Jesus, pois Ele promove uma verdadeira transformação de vida.

Exatamente como aconteceu com o ex-presidiário Rogério Inácio Dionísio, atual morador da cidade de Umuarama, no Paraná. Ele relata em uma mensagem enviada ao Bispo Eduardo Guilherme – atual coordenador do grupo Universal nos Presídios (UNP) – como alcançou a liberdade espiritual e física. Leia um trecho:

“Olá, Bispo Eduardo, tudo bem com o senhor? Eu agora estou bem, graças a Deus. Estou livre das grades, pois estava preso no CDP de São José do Rio Preto e todas as noites ouvia o programa Momento do Presidiário, e todos os detentos que estavam comigo na cela acompanhavam as orações que o senhor e a missionária faziam durante a programação. Bispo, só tenho a agradecer, pois foram os dias mais marcantes em minha vida e de muitos detentos que estiveram comigo. Ouvir a programação era um consolo e as palavras e orações davam aquela injeção de ânimo (…).”

É por isso que a Universal investe intensivamente em favor dos familiares de presidiários e daqueles que desejam a oportunidade de ganhar uma nova chance.

Na Rede Aleluia, diariamente, às 21 horas, as pessoas podem conversar com os entes queridos que estão limitados às grades por meio do programa Momento do Presidiário, apresentado pelo Bispo Eduardo Guilherme. Acesse o site e veja a sintonia correspondente ao seu Estado.


  • Por Sabrina Marques/ Foto: Demetrio Koch 



reportar erro