Rede aleluia
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta Redonda
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 22 de janeiro de 2020 - 11:24


UNP promove “Mega Emojelização” em Duque de Caxias, no estado do Rio de Janeiro

Mais de 100 voluntários estiveram presentes no dia. Saiba como foi

Recentemente, o grupo Universal nos Presídios (UNP) Rio de Janeiro realizou a “Mega Emojelização” – evangelização por meio de emojis (ideogramas) de redes sociais – nas ruas de Duque de Caxias, cidade na Baixada Fluminense.

A ação, que normalmente acontece a cada dois meses, reuniu mais de 100 voluntários do grupo e teve como objetivo divulgar, por meio de bexigas coloridas e plaquinhas em formato de emoji, o trabalho realizado pelos voluntários da Universal, além de promover o Facebook do UNP.

Durante as 4 horas de evento, cerca de 300 pessoas foram alcançadas e compreenderam, acima de tudo, que, independentemente do problema enfrentado, existe uma saída.

Grande oportunidade

O dia foi benéfico em todos os âmbitos, comenta o voluntário Eliezio Nunes da Silva, de 31 anos. “Mesmo cansado depois de ter participado a noite toda de uma vigília, fui direto, pois vi a necessidade de realizar esse trabalho. Valeu a pena, porque uma criança me pediu uma oração e isso me marcou. Pude olhar nos olhos dela e ajudá-la”, comentou o voluntário.

Ao término, as pessoas tiveram ainda a oportunidade de receber uma rosa e uma mensagem de fé dentro de envelopes personalizados. No dia, também houve a distribuição de kits de higiene, além de outros itens como exemplares de livros e CDs.

Para conhecer mais sobre o trabalho que o grupo UNP realiza, clique aqui. Você também pode ser um voluntário da Universal. Encontre aqui o endereço de uma Igreja mais próxima e se informe com o Pastor.


  • Débora Picelli / Fotos: Cedidas pelo grupo Universal nos Presídios Rio de Janeiro 


reportar erro