Rede aleluia
UNP Bahia oferece curso de Construção Civil a internos
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta Redonda
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 22 de março de 2020 - 00:05


UNP Bahia oferece curso de Construção Civil a internos

No decorrer de 2019, mais de 600 internos foram beneficiados com outros cursos de capacitação profissional. Saiba mais

UNP Bahia oferece curso de Construção Civil a internos

Os membros do grupo Universal nos Presídios (UNP) acreditam que a capacitação profissional é uma forte aliada no processo de ressocialização de presos. Com base nisso, eles procuram meios de ofertar aos internos uma oportunidade de profissionalização.

Pesquisas mostram que um profissional da área de construção civil que trabalhar com carteira assinada pode obter um salário de até R$ 2.700 e os que investem em especializações conseguem aumentar ainda mais sua renda mensal.

Amparada nessas informações, a UNP Bahia enxergou a oportunidade de beneficiar os reclusos da Cadeia Pública de Salvador, no Complexo Penitenciário da Mata Escura.

Aulas teóricas e práticas
Em contato com os responsáveis pelo presídio, foi apresentado um plano pedagógico. Depois da aprovação do projeto, a direção da unidade prisional destacou 15 internos elegíveis e interessados em participar do curso.

Assim, durante o mês de fevereiro foi implantado o curso de construção civil. Com ele os alunos aprendem, por meio de aulas teóricas e práticas, a fazer avaliação de material, reconhecer tipos de terreno, fundação e ferragens. Além disso, também são transmitidas informações sobre cuidados com a segurança e o uso correto de equipamentos.

Para colocar em prática os conhecimentos adquiridos em sala, os reeducandos passam por um treinamento intensivo e devem construir em uma maquete todas as etapas, desde a fundação até o acabamento final. O processo inclui assentamento de blocos, reboco, revestimento de paredes, cinta de amarração, contrapiso, assentamento de piso, preparação e construção de lajes.

Qualificação profissional
O curso, que é ministrado por profissionais voluntários da área, tem duração de três meses, mas pode ser prorrogado. Os alunos contam com apostilas e têm acesso a equipamentos de segurança e de medição, que foram doados por parceiros e voluntários da UNP Bahia. Ao final, todos recebem certificados de conclusão.

Esta é a primeira turma participante do curso. No decorrer de 2019, 600 internos foram beneficiados com outros cursos de capacitação profissional, como de hidráulica, elétrica, barbeiro, marcenaria, garçom, empreendedorismo, pintura e edificações.

Remição de pena
Os cursos oferecidos pela UNP, além de promover qualificação profissional, também geram amparo legal para remição de pena, prevista na legislação brasileira.

Muitos alunos já sonham com o dia em que estiverem em liberdade e puderem construir um novo começo para suas vidas.

Além disso, através dos conhecimentos adquiridos, também estarão aptos a construir suas próprias casas e, assim, dar uma vida melhor e confortável para suas famílias.


UNP Bahia oferece curso de Construção Civil a internos
  • Cesar Gonçalves / Fotos: UNP  


reportar erro