Rede aleluia
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta Redonda
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 13 de fevereiro de 2020 - 13:35


Universal promove movimento de doação de sangue em Portugal

A parceria com o Instituto do Sangue, há alguns anos, contribui para atender as demandas em ocasiões de urgência

A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda que de 1% a 3% da população de cada país seja doadora de sangue. De acordo com dados do Instituto Português do Sangue e da Transplantação (IPST), Portugal está dentro deste parâmetro com 2%. No entanto, há uma preocupação em relação à faixa etária destes doadores, pois, apenas 14% são jovens entre os 18 e 25 anos.

Tendo em vista a baixa taxa de natalidade e o envelhecimento populacional do país, em um futuro próximo, a situação poderá se agravar. Pensando nisso, o IPST tem promovido ações em universidades. Elas acontecem duas vezes ao ano e servem também para conscientizar as gerações mais jovens sobre a importância da doação.

Disposição para ajudar

De semelhante modo, a Universal de Portugal, já há alguns anos engajou nesse propósito e, por intermédio de uma parceria com o Instituto Português do Sangue, vem contribuindo constantemente para atender as demandas em ocasiões de urgência.

Conforme explicou o Bispo Domingos Siqueira, responsável pela iniciativa no país, a Universal está sempre à disposição para ajudar aos que mais necessitam.

“Sempre que surgem ocasiões pontuais em que a necessidade de sangue é urgente, somos contatados pelo Instituto e pelos hospitais. Então, mobilizamos nossos grupos a exemplo da Força Jovem Universal (FJU), obreiros, Escola de Mães e Evangelização (EVG), para conscientizar o povo e juntos apoiarmos essa urgência”, descreveu o Bispo Siqueira.

Assista ao vídeo abaixo:

Apesar de Portugal estar dentro do índice de recomendação da OMS, ainda existe uma ausência de consciencialização social para a importância e o valor fundamental da doação de sangue.

“Muitos cidadãos ainda não compreendem a extrema importância associada a este ato, ou seja, que estão literalmente a salvar não só uma, mas várias vidas. Quem sabe até mesmo a sua própria”, destacou o Bispo Siqueira.

Podem doar sangue quem estiver em bom estado de saúde, possuir hábitos de vida saudáveis, peso igual ou superior a 50 kg e idade compreendida entre os 18 e os 65 anos. Para uma primeira doação, o limite de idade é de 60 anos.

Valiosa contribuição

Por enquanto, a parceria se estende à cidade do Porto e na capital, Lisboa. Somente nos anos de 2018 e 2019, a ajuda somou aproximadamente 500 doadores. As doações são feitas nas instalações da Universal, em salas especialmente preparadas para receber os inúmeros dadores, assim como também os profissionais do Instituto Português do Sangue.

Quer saber mais sobre as ações sociais realizadas no Brasil e no exterior, clique aqui. Ou ainda, se desejar também ser um voluntário, encontre uma Universal mais próxima de sua casa e informe-se com o pastor responsável.


  • Cesar Gonçalves / Vídeo: recordtv.r7 / Fotos: Getty Images e cedida 


reportar erro