Rede aleluia
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta Redonda
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 14 de agosto de 2017 - 03:05


Unisocial distribui alimento e conforto espiritual na Cracolândia

170 pessoas receberam lanches, cobertores e orações

Com temperatura em torno de 12 graus, na noite de 7 de agosto último, voluntários do Projeto Unisocial, da Universal, estiveram na Cracolândia distribuindo chocolate quente, lanches, cobertores e agasalhos para pessoas que vivem naquela região, situada no centro da capital de São Paulo.

A ação, realizada a dois quarteirões do local onde se concentram dependentes químicos e traficantes, se iniciou por volta das 22h30 e se estendeu até o início da madrugada do dia 8, atendendo cerca de 170 pessoas, segundo a Polícia Militar. Além dos 150 lanches, 27 litros de chocolate, roupas, cobertores e 20 litros de água potável distribuídos, elas receberam também o alimento espiritual em forma de orações e imposições de mãos.

Cracolândia
Objeto de conflitos entre governos, população, órgãos de defesa de direitos humanos, em relação ao que se pode e deve ser feito para a sua extinção e resgate da dignidade e saúde de seus frequentadores — e fim ao tráfico de drogas —, a Cracolândia surgiu em 1990, na região da Luz, no centro de São Paulo, capital, e a partir dali sua população e seu território só têm crescido. Dados divulgados no dia 8 de junho deste ano pela Secretaria Estadual de Desenvolvimento Social apontavam 1.800 moradores, uma semana antes da megaoperação realizada pela prefeitura de São Paulo para a retirada, infrutífera, de usuários e traficantes da região.

Enquanto o problema está longe de ser solucionado, a ajuda humanitária de projetos como o Unisocial leva conforto e mostra um dos dons de Deus concedidos ao ser humano: o amor ao próximo.

Unisocial em ação
Com a união de todos os grupos da Universal — dentre eles Obreiros, Evangelização, Força Jovem, Calebe, Universal nos Presídios, e também de diversos profissionais da saúde, médicos, dentistas, assistentes sociais e educadores —, o Unisocial, coordenado pelo bispo Sanção Pereira Filho, realiza ações por meio de serviços voluntários onde se faz necessário, como presídios e ruas, doando materiais, agasalhos, alimentos e, principalmente, conforto espiritual.

Para saber mais sobre as ações e projetos da Igreja, procure uma Universal mais próxima de sua casa, clicando aqui.

Ou entre no Facebook e curta a página do Unisocial.


  • Por Maria do Rosário Fotos: Cedidas pelo Unisocial 


reportar erro