Rede aleluia
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta Redonda
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 21 de junho de 2018 - 03:05


Um casamento feliz é resultado de investimento

A comunicação entre o casal é fundamental para o relacionamento. Pode ser até mais difícil do que parece, pois exige dedicação para ouvir e entender o outro

Um estudo da Universidade Southern Methodist, de Dallas, nos Estados Unidos, acompanhou 51 casais que, durante 1 semana, relataram em diários o estado de humor deles. A pesquisa demonstrou que as pessoas tendem a presumir que o outro sente a mesma coisa ou está no mesmo patamar emocional.

A atitude dificulta a percepção de tristeza, principalmente quando as situações não estão diretamente ligadas ao relacionamento. A psicóloga Denise Miranda de Figueiredo, cofundadora do Instituto do Casal, comentou a pesquisa, explicando esse tipo de comportamento nos casais:

“É mais fácil perceber essas emoções negativas quando elas estão ligadas ao relacionamento. Mas, muitas vezes as pessoas sentem tristeza por motivos que não têm a ver com a vida a dois. Pode ser um problema no trabalho, familiar, de saúde etc. Essa percepção é parte do investimento, da dedicação ao relacionamento para que ele dê certo. Se meu (minha) parceiro (a) está triste, é meu papel perguntar e entender o que está acontecendo”, diz Denise.

Dicas do casal Renato e Cristiane

A comunicação entre o casal é fundamental para o relacionamento. Pode ser até mais difícil do que parece, pois exige dedicação para ouvir e entender o outro. Mas, vale a pena o investimento, como explica o casal Renato e Cristiane Cardoso, apresentadores do programa The Love School – A Escola do Amor, exibido aos sábados na Record TV.

“Você nunca poderá conduzir uma comunicação inteligente sem primeiro entender o que o outro quer dizer. Nem todos se expressam com clareza e, às vezes, nossos sentimentos negativos dão outra conotação às nossas palavras. Pare. Ouça. Não interrompa. Faça perguntas para obter mais informações. Procure entender o ponto de vista do outro, ainda que não concorde. Repita o que entendeu para mostrar que de fato entendeu”, explica Renato Cardoso, em texto publicado em seu blog.

Segundo Cristiane Cardoso, manter um relacionamento saudável é um desafio diário que exige atitude e interesse do casal. Para ela, ouvir e entender o outro é essencial. Mas, em texto publicado em seu blog, a autora também aponta outro detalhe a ser investido: tentar se colocar no lugar do outro.

“Antes mesmo de refutar o argumento de alguém, é necessário tentar entender os motivos que fizeram essa pessoa sentir-se incomodada. Quando você se coloca no lugar da outra pessoa, consegue enxergar e sentir aquilo que ela tem vivido. Quando você adota essa postura, recebe o mesmo tratamento do cônjuge, pois trata-se de uma questão de respeito”, conclui.

Gostou desta matéria? Então, compartilhe o texto com seus familiares e amigos nas redes sociais.


  • Por Michele Roza / Foto: iStock 


reportar erro