Rede aleluia

Notícias | 28 de novembro de 2018 - 11:58


Tempestades solares e sinais que apontam para o Fim dos Tempos

Um fenômeno que tem preocupado os cientistas, recentemente, são as tempestades solares.
Elas acontecem quando o sol tem erupções, que emitem ventos solares. Eventualmente, as partículas entram em choque com o campo magnético da Terra.
Como resultado, as pessoas podem ser expostas à radiação e as redes de energia podem ser derrubadas – consequentemente, os aparelhos eletrônicos também.

Tempestades solares do passado

Tempestades solaresUma das tempestades solares mais devastadoras que se tem notícia ocorreu em 1859 e ficou conhecida como Evento Carrington. Na época, o clarão nos polos foi tão forte que alguns garimpeiros das Montanhas Rochosas, na América do Norte, acharam que havia amanhecido. Era possível observar as auroras em Cuba e no Havaí. Posteriormente, os telégrafos – utilizados como meio de comunicação – foram afetados.
Em 1989, uma tempestade solar atingiu o Quebec, no Canadá. Cerca de 6 milhões de pessoas ficaram sem energia. Durante o evento, até mesmo a Bolsa de Valores de Toronto teve os computadores desligados.
Surpreendentemente, a Terra se salvou por pouco novamente em 23 de julho de 2012. Uma tempestade solar quase acabou com a civilização moderna. Um estudo da National Academy of Sciences avaliou que o prejuízo poderia ter sido de aproximadamente 2 trilhões de dólares.

Sinais do Apocalipse

Muitos têm sido os sinais de que o Planeta corre risco de vida. Em agosto último, por exemplo, a humanidade esgotou os recursos naturais renováveis para 2018.
Um autor israelense chamado Doug Hershey decidiu separar 200 fotografias de Israel, ao refletir sobre o livro de Ezequiel (36.8). Elas são do período entre 1880 e 1940.
O trecho bíblico diz: “Mas vós, ó montes de Israel, produzireis os vossos ramos, e dareis o vosso fruto para o meu povo de Israel; porque estão prestes a vir.
Primeiramente, Hershey e sua equipe acreditavam que o trecho era metafórico, referindo-se ao povo que “daria frutos”. Mas, ao observar as fotos, eles chegaram à conclusão de que a referência era literal.
Em outras palavras, quando Israel voltasse a ser uma nação – o que aconteceu em 1948 -, haveria desenvolvimento no território.
Abaixo, Hershey compara a Universidade Hebraica de Jerusalém atual com a primeira metade do século 20:
Israel
Para Hershey, Israel é o “relógio” de Deus e é interessante ver tanta mudança em seu território em tão pouco tempo.

O livro de Apocalipse

Na Bíblia, é evidente, por meio do livro de Apocalipse, que haverá um dia em que o Senhor Jesus retornará para levar Seus escolhidos, como Ele havia prometido.
Vigiai, pois, porque não sabeis a que hora há de vir o vosso Senhor.” Mateus 24.42
Sobre o tema, o Bispo Edir Macedo escreve no livro “Estudo do Apocalipse”: “Em contraste com os demais livros da Bíblia, onde é revelado o Salvador, o Filho de Deus, o Rei e Senhor, o Apocalipse nos revela o Senhor que está voltando, na realização final do plano de Deus.”
Desse modo, vemos em Apocalipse a conclusão do que o Altíssimo havia estabelecido para a humanidade.
Você quer saber mais sobre o Fim dos Tempos? Então, confira o “Estudo do Apocalipse” disponível no Univer Vídeo.


  • Daniel Cruz / Fotos: iStock, Reprodução 


reportar erro