Rede aleluia
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta Redonda
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 24 de fevereiro de 2020 - 23:06


Surto do coronavírus avança pelo mundo fazendo mais mortes

Os sinais do Fim dos Tempos estão cada vez mais evidentes, participe da Escola da Fé Inteligente e saiba como garantir sua Salvação

Desde seu surgimento, em dezembro do ano passado, quase três mil pessoas já morreram em decorrência do coronavírus (Covid-19). Segundo o estudo mais amplo já feito, a taxa de mortalidade da doença está em torno de 2% (ou seja, ela mata 2 a cada 100 pessoas infectadas).

A falta de conexão clara entre casos ao redor do mundo e a China ampliaram os temores da Organização Mundial da Saúde de uma eventual perda de controle do surto.

Na Itália, por exemplo, até terça-feira, dia 25 de fevereiro, onze pessoas já haviam morrido. O país é o lugar com mais casos da doença na Europa. Desde então, as autoridades italianas estão controlando ao menos 11 cidades na região norte, próximas a Milão e Veneza.

Cerca de 50 mil pessoas não podem entrar ou sair das cidades. Elas estão em quarentena, numa tentativa de evitar a propagação da doença. Quem não respeitar, poderá ficar detido por até três meses.

Brasil tem primeiro caso confirmado

De acordo com o Jornal da Record, o Brasil tem o primeiro caso de coronavírus confirmado. Trata-se de um homem de 61 anos, residente em São Paulo. Ele esteve na Itália, a trabalho na região da Lombardia, no período de 9 a 21 de fevereiro.

Ao retornar, apresentou sinais e sintomas (febre, tosse seca, dor de garganta e coriza) compatíveis com a suspeita de doença pelo coronavírus. Foi encaminhado ao Hospital Israelita Albert Einstein que registrou a notificação na terça-feira (25) e durante o atendimento, adotou todas as medidas preventivas para transmissão.

Com resultados preliminares realizados pela unidade de saúde positivo e, de acordo com o Plano de Contingência Nacional, o hospital enviou a amostra para o laboratório de referência nacional, Instituto Adolfo Lutz, para contraprova que confirmou o primeiro caso em território nacional.

Confirmação das Escrituras Sagradas

Uma das festas mais antigas e populares da Itália, o carnaval de Veneza, foi encerrado dois dias mais cedo, a fim de tentar conter o avanço do surto do coronavírus no país. Também as partidas de futebol da divisão principal na região de Milão foram adiadas.

Apesar da gravidade dos fatos, nada disso é novidade para aqueles que andam na presença de Deus. Diversas passagens bíblicas revelam os acontecimentos que antecedem o Fim dos Tempos, dentre as quais as epidemias. “Haverá grandes terremotos, epidemias e fome em vários lugares, coisas espantosas e também grandes sinais do céu.” (Lucas 21.11)

Os acontecimentos citados na Palavra de Deus estão se cumprindo, e mesmo assim, muitos ainda desprezam as profecias. Na versão da Bíblia Fiel Comentada, o Bispo Edir Macedo explica na passagem descrita no livro de Mateus 24:7 que as pestes ou epidemias que durante séculos ceifaram a vida de milhares de pessoas, em várias partes do planeta, serão cada vez mais frequentes.

Não ignore os fatos

“Nós temos visto isso em nossos dias, pois até mesmo doenças que eram consideradas erradicadas têm ressurgido em algumas partes do mundo, deixando as nações em estado de alerta”, salienta o Bispo Macedo.

Portanto, é fundamental que o ser humano esteja preparado para o momento em que o Senhor Jesus voltará e o fim do mundo acontecerá. Para isso, a Universal realiza todas as quartas-feiras, a “Escola da Fé Inteligente”. E nesta quarta, 26, será o encerramento da “Festa do Espírito Santo”. Acompanhe no vídeo abaixo:

Os encontros da “Escola da Fé Inteligente” acontecem todas às quartas-feiras às 20h, no Templo de Salomão ou em uma Universal perto de você (veja o endereço aqui). Participe e mantenha sua salvação em dia.


  • Cesar Gonçalves / Fotos: Getty Images e Guilherme Branco 


reportar erro