Rede aleluia
Sem autorização, deputado ligado ao PT grava vídeo com fake news no Templo de Salomão
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
GaranhunsRecife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta RedondaCabo Frio
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCaraguatatubaCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
Baln. CamboriúBlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 4 de Outubro de 2022 - 23:49


Sem autorização, deputado ligado ao PT grava vídeo com fake news no Templo de Salomão

Segundo a Imprensa, parlamentar é responsável por “serviço sujo para a campanha de Lula nas redes sociais"

Sem autorização, deputado ligado ao PT grava vídeo com fake news no Templo de Salomão

Nesta terça-feira (4), o deputado federal André Janones (Avante-MG) gravou, sem qualquer autorização, um vídeo na Esplanada do Templo de Salomão, atacando o presidente Jair Bolsonaro.

No vídeo, Janones que, segundo denunciou o jornal “O Estado de S.Paulo”, faz “o serviço sujo para a campanha de Lula nas redes sociais” — utilizou a sede da Igreja Universal do Reino de Deus como cenário para essa produção vergonhosa, tentando ligar a Universal à Maçonaria e insinuando um suposto “pacto do diabo” do presidente Bolsonaro.

A própria Imprensa já esclareceu que se trata de mais uma fake news, que tem como objetivo atingir os cristãos que apoiam a reeleição do presidente.

Nesta eleição, militantes do Partido dos Trabalhadores (PT) já distribuíram um folheto falso com o símbolo da Universal pedindo votos para Lula e penduraram um banner de apoio a políticos de esquerda em um Núcleo de Oração, como se aquela unidade da Igreja fosse favorável às candidaturas deles. A própria presidente do partido criou e espalhou uma fake news usando uma foto do interior do Templo de Salomão.

Esta é a estratégia da esquerda em todos os países do mundo onde deita seus tentáculos: tentar ganhar a confiança da população pelo uso da mentira, do engano e da fraude para chegar ao poder, e só depois mostrar sua verdadeira e terrível face.

A Universal encaminhará uma representação para o Ministério Público Eleitoral (MPE), denunciando deputado André Janones por tentar confundir os eleitores evangélicos, utilizando as dependências do Templo de Salomão — sem autorização e sem o conhecimento da Universal — para fazer propaganda em favor do ex-presidente Lula, o que
é crime de acordo com a legislação eleitoral. A Igreja também apresentará denúncias ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e à Justiça Comum.

Se realmente é evangélico, como se apresenta, Janones deveria saber que as bandeiras da esquerda são totalmente incompatíveis com o pensamento do verdadeiro cristão.

Mas o parlamentar e os esquerdistas como ele continuam a subestimar os evangélicos, como sempre fizeram. Contudo, as mentiras que contam, já não enganam ninguém.

O povo cristão acordou e dará sua resposta nas urnas em 30 de outubro.


Sem autorização, deputado ligado ao PT grava vídeo com fake news no Templo de Salomão
  • UNIcom / Foto: Reprodução 


reportar erro