Rede aleluia
Selfies na internet: sinal de narcisismo vulnerável
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta RedondaCabo Frio
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 10 de Junho de 2021 - 16:42


Selfies na internet: sinal de narcisismo vulnerável

Estudo demonstra baixa autoestima de quem vive postando fotos próprias

Selfies na internet: sinal de narcisismo vulnerável

Um estudo realizado pela Universidade de Nova York (EUA) aponta o “narcisismo vulnerável” como principal fator que leva as pessoas a postarem tantas fotos próprias em mídias sociais. De acordo com eles, quem age dessa maneira tem a necessidade de aprovação alheia.

Os pesquisadores estudaram o comportamento de quase 300 pessoas e concluíram dois tipos de narcisistas:

– Narcisistas grandiosos: os mais conhecidos pela literatura médica. São aqueles que têm senso inflado de sua própria importância, grande necessidade de chamar atenção, necessidade de ser muito admirado, falta de empatia pelos outros;

– Narcisistas vulneráveis: aqueles que têm a necessidade de chamar atenção e serem admirados, mas isso porque têm baixa autoestima, não são satisfeitos com a própria vida e constroem um senso de autovalidação por meio da opinião de outras pessoas.

Para os cientistas, esse segundo problema psicológico é o que está mais ligado às pessoas que postam selfies a todo instante, esperam ansiosas por curtidas e compartilhamentos e até brigam com conhecidos, porque eles não curtiram tal foto ou comentário.

“Esse tipo de narcisismo se tornou bastante comum na era da mídia social”, afirma o coautor do estudo, o professor Pascal Wallisch, do Departamento de Psicologia da Universidade de Nova York. “Nosso trabalho revela que esses narcisistas não são grandiosos, mas inseguros. E é assim que parecem lidar com suas inseguranças.”

Ao contrário do esperado pelos narcisistas, porém, esse comportamento não melhora sua autoestima. E tampouco gera admiração de outras pessoas, afirma a coautora do estudo Mary Kowalchyk, da Escola de Medicina Icahn no Mount Sinai (EUA):

“Isso faz com que os outros gostem menos deles a longo prazo, agravando ainda mais suas inseguranças, o que leva a um ciclo vicioso de comportamentos narcisistas”.

Busque a plenitude

A escritora Cristiane Cardoso, autora do livro “A Mulher V: Moderna à Moda Antiga”, explica que  a pessoa que posta tantas selfies, muitas vezes, “está chorando por dentro e anseia se sentir melhor consigo mesma “:

“O que ela não sabe é que não se cura essa ferida com elogios e atenção alheia, pois quanto mais ela tiver, mais vai querer, como um vício. E vício faz mal, inclusive essa necessidade extrema de atenção nas redes, pois além de não resolver, também faz mal, basta um comentário negativo”.

Como o estudo demonstra, esse comportamento narcisista é incapaz de trazer a felicidade.

“A única forma de você se sentir bem aí dentro de você é conhecendo o Espírito Santo, que cura e resolve seu passado sem te condenar por ele. Que te faz feliz sem precisar de mais nada ou ninguém. Ele te realiza!”

Se você quer encontrar o verdadeiro amor de Deus, visite hoje mesmo a Universal mais próxima de sua casa. Clique aqui e saiba o endereço.


Selfies na internet: sinal de narcisismo vulnerável
  • Andre Batista / Foto: iStock 


reportar erro