Rede aleluia
Sancionada em Goiânia lei de combate ao suicídio e à automutilação
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta RedondaCabo Frio
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCaraguatatubaCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 11 de Outubro de 2021 - 17:14


Sancionada em Goiânia lei de combate ao suicídio e à automutilação

Voluntários do grupo Depressão tem Cura estiveram presente durante a sessão solene

Sancionada em Goiânia lei de combate ao suicídio e à automutilação

Na cidade de Goiânia, em Goiás, a Câmara Municipal de Goiânia, aprovou em setembro, em segundo turno, projeto de Lei de autoria do vereador Isaías Ribeiro ( Republicanos), que institui campanha permanente de conscientização da depressão infantil e na adolescência e prevenção à automutilação e suicídio. Segundo o vereador tal medida se justifica em virtude do aumento dos casos de suicídio e depressão na pandemia: “São muitos os pais que tem enfrentado esse tipo de problema dentro de casa, e às vezes por não entender a situação acabam por não procurar a ajuda adequada” justifica.

O responsável estadual do grupo Depressão tem Cura (DTC), Pastor Luan Felipe, foi convidado para a sessão solene. “Quando eles enfrentam processos depressivos toda a família acaba atingida. Não é fácil ver um filho em sofrimento emocional, portanto, toda a família precisa do nosso apoio para superarem essa situação. Atendemos muitos casos de depressão na cidade de Goiânia e a cada dia temos maior convicção de que o nosso projeto é essencial”, discursou o Pastor.

União pelo bem do povo

“Essa temática ainda é um tabu, mas faz parte da triste realidade da nossa infância e adolescência e que precisam de acolhimento. Da mesma forma, é importante que familiares, profissionais da saúde e da educação sejam orientados sobre como lidar com esse sofrimento e onde pedir ajuda. Dentre as atividades propostas estão inclusas orientações em consultas pediátricas, reuniões de pais e professores e fixação de cartazes em órgãos públicos”, informa o Pastor.

A colaboração entre poder público e sociedade civil promove o maior alcance do bem-estar da população e favorece o desenvolvimento de políticas públicas em prol das reais e emergenciais demandas do povo.

Se você sofre com a depressão ou conhece alguém que padece deste mal pode solicitar um atendimento ou uma visita pelo WhatsApp (11) 3573-3662 ou enviar uma mensagem pelo Instagram do grupo. Você também pode ir à base do projeto em São Paulo, localizada na Avenida Celso Garcia, 605, bairro do Brás.

 


Sancionada em Goiânia lei de combate ao suicídio e à automutilação
  • Rafaella Rizzo / Fotos: Cedidas 


reportar erro