Rede aleluia
“Saí de casa com duas sacolas e uma televisão”
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta Redonda
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPraia GrandePresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Notícias | 26 de julho de 2020 - 00:05


“Saí de casa com duas sacolas e uma televisão”

Não basta conhecer a Palavra de Deus, é preciso colocá-la em prática. Foi o que Lucas Henrique fez. Saiba mais

“Saí de casa com duas sacolas e uma televisão”

Lucas Henrique da Silva, (foto abaixo) de 38 anos, passou por situações difíceis por não obedecer ao Altar e não dar ouvidos à Palavra de Deus. Ele conheceu a Igreja Universal na juventude, mas preferiu seguir seu próprio caminho.

Em sua casa não havia harmonia. Era um lar de brigas, bebedeiras, discussões e miséria. Quando ainda morava com os pais, Lucas conheceu uma mulher e, na época, eles decidiram morar juntos. Os pais de Lucas não apoiaram a decisão, mas Lucas seguiu em frente.

Pouco tempo depois, ele e a companheira tiveram um filho, que trouxe muitas alegrias ao casal, mas ele passou a trair a mulher e eles se separaram.

Perdão
A companheira decidiu perdoar Lucas, eles voltaram a morar juntos e tiveram mais uma filha. As dificuldades eram muitas. Lucas trabalhava dia e noite e, mesmo assim, não conseguia oferecer uma vida abençoada para a sua família. “Passávamos necessidade e morávamos de aluguel. Eu trabalhava muito, mas não conseguia o suficiente para manter a casa”, relata Lucas.

Ele decidiu voltar para a Igreja, passou a ouvir a Palavra de Deus e a obedecer o que ouvia nas palestras. Não demorou para que ele conquistasse uma moto e carro, financiasse um apartamento e desse o melhor aos seus filhos.

Lucas, porém, traiu novamente a mulher e a vida dele teve mais uma reviravolta. “Eu saí de casa com duas sacolas de roupas e uma televisão. Minha ex-mulher ficou com a guarda das crianças e com o apartamento. Além disso, eu estava com uma dívida de mais de R$ 100 mil e não sabia mais o que fazer.”

Ele estava perdido, mas se lembrou de tudo o que aprendeu na Igreja. Ele sabia o que fazer para mudar e só precisava agir. “Decidi entregar a minha vida 100% nas mãos de Deus. Fiz um voto no Altar, recebi o Espírito Santo e conheci a Renata, minha atual esposa. Nós nos casamos na Igreja Universal e conquistamos muitas bênçãos. Hoje tenho meu próprio negócio e, mesmo com a pandemia, Deus continua me abençoando.”

Hoje Lucas e Renata Aparecida dos Santos estão firmes na presença de Deus. Os filhos deles são abençoados e possuem o mais importante, que é o batismo com o Espírito Santo e a Salvação. Ele obedeceu ao Altar e o Altar o abençoou.


“Saí de casa com duas sacolas e uma televisão”
  • Kaline Tascin / Foto: Cedida 


reportar erro